São Paulo tem jogador diagnosticado com covid-19

Um funcionário também teve resultado positivo para coronavírus e foi afastado. Mais três atletas e um empregado pegaram a doença na paralisação

Hernanes apa

Hernanes apa

Lance

O São Paulo anunciou na noite desta segunda-feira que submeteu 90 pessoas a testes da covid-19 e verificou que um atleta e um funcionário estão com o vírus no momento - eles ficarão afastados e não estarão presentes no reinício das atividades, nesta terça-feira pela manhã, no CT da Barra Funda. Outros três atletas e um funcionário tiveram contato com o vírus, mas ficaram assintomáticos e já se recuperaram. Todos os nomes foram preservados.

O clube ainda aguarda os resultados de três testes que foram feitos na tarde de sábado e ainda não foram concluídos. Esta primeira testagem incluiu jogadores, comissão técnica, dirigentes e colaboradores que estão inseridos na rotina do CT da Barra Funda e foi feita por uma equipe do Hospital Albert Einstein.

Os são-paulinos passaram por dois tipos de exame: no primeiro, houve a coleta de sangue para sorologia, feita para identificar a presença de anticorpos (o que indica que a pessoa já teve contato com o vírus), enquanto no segundo foi retirada uma amostra de secreção da garganta e do nariz, para que seja possível detectar a presença ou não do vírus na pessoa analisada neste momento.

De terça até sábado, sempre pela manhã, o elenco estará dividido em dois grupos para avaliações físicas e fisiológicas individualizadas. Ainda não há uma data exata para o reinício do Paulistão.

Solteiro de novo, Adriano Imperador detona a ex-noiva: 'É muito falsa'