Futebol São Paulo lucra com venda de Militão ao Real Madrid: veja valores

São Paulo lucra com venda de Militão ao Real Madrid: veja valores

Tricolor tem direito a 10% da transferência e ainda recebe fatia por ser clube formador do jovem, anunciado nesta quinta pelo clube espanhol

militão, são paulo

Éder Militão deixou o São Paulo na metade de 2018

Éder Militão deixou o São Paulo na metade de 2018

Divulgação/SPFC

Dos 50 milhões de euros (cerca de R$ 215 milhões) que o Real Madrid (ESP) pagará pela contratação de Éder Militão, anunciada nesta quinta-feira, 5,8 milhões de euros (cerca de R$ 25 milhões na cotação atual) ficarão com o São Paulo.

Por ser o clube formador de Militão, o Tricolor receberá 1,3 milhões de euros referentes ao mecanismo de solidariedade da Fifa. Além disso, tem direito a 10% do valor total da transferência graças a um acordo feito com o Porto (POR) quando Militão foi vendido, em meados de 2018. Essa fatia representa 4,5 milhões de euros.

O Porto repassará 10% de 45 milhões de euros, valor da transferência. Os outros 5 milhões de euros são comissões para empresários envolvidos no negócio.

Revelação são-paulina

Militão foi promovido ao elenco profissional do São Paulo em 2017 e logo deslanchou. Terminou aquela temporada como titular da lateral direita e se fixou como um dos principais jogadores do time em 2018. Como ele recusou diversas propostas de renovação, o Tricolor se viu obrigado a vendê-lo por um valor considerado pequeno na ocasião para não perdê-lo de graça ao fim do contrato: 4 milhões de euros.

Somados o valor da venda e as fatias que cabem ao São Paulo agora, serão 9,8 milhões de euros (mais de R$ 42 milhões) nos cofres do clube graças a Éder Militão.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Negócio fechado! Veja as contratações do mercado da bola