São Paulo inicia retiro em Cotia antes de retorno do Paulista

Tricolor treina no CT nesta terça-feira e depois segue ao CFA, de onde só sairá para estadual. Jogadores foram testados para covid-19 na última segunda

Daniel Alves treinando em Cotia, durante pandemia de coronavírus

Daniel Alves treinando em Cotia, durante pandemia de coronavírus

Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo inicia nesta quarta-feira (22) à tarde mais um período de concentração no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia. Já está certo que o grupo ficará lá até o fim da primeira fase do Paulistão, restam dois jogos, sendo que o período pode se estender até o fim da participação da equipe na competição.

Este será o terceiro período da equipe em Cotia em 2020. O primeiro foi em janeiro, durante a pré-temporada, e o segundo foi nesta preparação para o retorno do futebol, encerrado na semana passada.

Elenco e funcionários passaram por mais uma bateria de testes da covid-19 na última segunda-feira. Caso alguém seja diagnosticado com o coronavírus, será cortado da viagem a Cotia e, consequentemente, das partidas. Até o fim da semana passada, os testes periódicos que foram feitos apontavam que não havia ninguém infectado.

No período de atividades em São Paulo, o clube orienta os atletas a irem do CT da Barra Funda direto para suas casas e que saiam o mínimo possível para não correr o risco de ter contato com o vírus. O elenco folgou no último domingo, mas as recomendações eram as mesmas: correr o menor risco possível.

Veja mais: CT do São Paulo em Cotia completa 15 anos: veja as principais revelações

O São Paulo sairá de Cotia para jogar na quinta-feira, às 20h, contra o Red Bull Bragantino, no Morumbi, e no domingo, às 16h, contra o Guarani, na Vila Belmiro. A equipe já está assegurada nas quartas de final do Paulistão.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Com saída de Dudu, quem se tornou o jogador mais bem pago do Brasil?