Futebol Rodrigo Pinho segue como um dos principais artilheiros brasileiros na temporada europeia

Rodrigo Pinho segue como um dos principais artilheiros brasileiros na temporada europeia

Atacante do Marítimo tem os mesmos 13 gols de Neymar e Arthur Cabral, mas com média melhor que os concorrentes do Paris Saint-Germain e Basel

Lance
Lance

Lance

Lance

O atacante Rodrigo Pinho, do Marítimo, está em fase final de recuperação de uma lesão no tornozelo direito. O fato aconteceu no dia 31 de janeiro, na partida diante do Vitória de Guimarães. Apesar do tempo de inatividade, o jogador segue com números importantes na temporada europeia.

Rodrigo tem um total de 13 gols em 15 jogos pelo Marítimo, média de quase um tento por jogo. Neymar e Athur Cabral balançaram as redes na mesma quantidade que o atacante do Marítimo. No entanto, o jogador do Basel precisou de 20 duelos para o feito, enquanto a estrela do PSG e da Seleção Brasileira necessitou de 16.

> Veja a tabela do Campeonato Português

A ausência de Rodrigo, que em novembro foi eleito o melhor atacante do mês no Campeonato Português, é um dos fatores para a queda de rendimento do Marítimo na competição. Antes da lesão no tornozelo, ele precisou ficar 14 dias em quarentena por conta da Covid-19. Assim, seu último jogo como titular foi justamente na vitória sobre o Sporting por 2 a 0, que eliminou o atual líder do campeonato nacional da Taça de Portugal. De lá para cá, a equipe do técnico Milton Mendes acumulou maus resultados e retornou para a zona de rebaixamento.

Há uma expectativa que Rodrigo retorne na partida contra o Moreirense, no dia sete de março. Antes, o Marítimo encara o Portimonense neste domingo pelo Campeonato Português.

Últimas