Futebol Rivaldo elogia Mbappé, diz que Alemanha corre risco e não vê rival à altura do Brasil na Copa América

Rivaldo elogia Mbappé, diz que Alemanha corre risco e não vê rival à altura do Brasil na Copa América

Embaixador da Betfair, o craque falou sobre o desempenho das seleções nos torneios da Europa e da América do Sul

Lance
Lance

Lance

Lance

Grandes batalhas em dois continentes, muitos tiros a gol, e o mundo todo de olho na Copa América e também na Eurocopa. Em entrevista à Betfair, o craque Rivaldo falou sobre o que espera para as próximas rodadas das duas competições.

Veja a tabela da Eurocopa

Alemanha em dificuldades contra França e Portugal na Eurocopa
O desempenho do principal astro do futebol português chamou a atenção do pentacampeão brasileiro.

- A seleção portuguesa estreou com vitória de 3x0 em cima da Hungria na Eurocopa, com Cristiano Ronaldo marcando dois gols. Ele voltou a demonstrar que pode comandar sua seleção até uma boa campanha, mesmo tendo já seus 36 anos. Sua idade é uma realidade, porém ele se cuida muito bem em termos físicos e mentais, treina muito forte e com certeza ainda é um jogador fundamental na equipe portuguesa e continuará a ser por mais alguns anos - avaliou Rivaldo.

- Na verdade, ele pode criar muitos problemas para uma Alemanha pressionada por pontos após perder para a França na partida de estreia - opinou o embaixador da Betfair.

França mostrou ao que veio contra a Alemanha
- Na semana passada eu afirmei que a França é minha favorita para vencer a Eurocopa e eles mostraram isso logo na estreia vencendo a Alemanha em Munique por 1 a 0 Eles têm uma grande seleção e iniciaram sua campanha com uma grande vitória, então, firmaram seu favoritismo, embora seja um facto que numa Eurocopa qualquer deslize pode ser fatal e há outros times de muita qualidade que podem afrontar esse seu estatuto de favorito. Não dá para relaxar numa competição com essa exigência em termos de adversário - disse Rivaldo à Betfair.

Kylian Mbappé pode furar por qualquer defesa no mundo
Por outro lado, Rivaldo não economizou em elogios ao protagonista da Seleção Francesa.

- A França tem um grande time recheado de grandes jogadores que jogam nos melhores times mundiais, porém o menino Mbappe voltou a impressionar com sua capacidade de aceleração e drible se mostrando um quebra-cabeças para a defesa alemã - afirmou o brasileiro à Betfair.net.

- Se ele mantiver seu nível de jogo atual, com certeza será um dos grandes desequilibradores da Eurocopa, podendo ser decisivo para a França em partidas mais disputadas e truncadas mais adiante no torneio. É um jogador de grande personalidade que tem muita confiança no seu jogo e se acostumou a marcar muitos gols, então será certamente um dos melhores jogadores do mundo por muitos anos - disse Rivaldo.

Brasil está num nível superior a seus rivais na América do Sul
O embaixador da Betfair está satisfeito com o desempenho da Seleção Brasileira na Copa América, depois das vitórias nos dois primeiros jogos.

- O Brasil estreou com vitórias tranquilas na Copa América, mantendo sua fase vitoriosa em partidas com times sul-americanos e honestamente eu não estou vendo outro time com qualidade suficiente para ‘roubar’ o título da Copa América à seleção em 2021 - afirmou Rivaldo.

- Se o Brasil mantiver sua concentração durante todo o torneio dificilmente algum time poderá nos ganhar, mesmo reconhecendo que Argentina e Uruguai poderão ser aqueles times mais próximos de criar algumas dificuldades. De momento, eu vejo o Brasil sendo muito superior a todos seus rivais do continente e isso tem sido demonstrado nas eliminatórias para a Copa do Mundo, então, eu acredito que nossa seleção pode replicar isso mesmo também na Copa América e conquistar novo título - falou.

Argentina está muito dependente de alguns jogadores
- Ao contrário do Brasil, que conseguiu remodelar sua seleção trazendo novos jogadores de qualidade mundial, a Argentina vem sentindo dificuldades para ter novamente um time homogêneo capaz de brigar com o Brasil de igual para igual - disse Rivaldo à Betfair.

- De momento, eu vejo a equipe argentina muito dependente de alguns jogadores como Lionel Messi e Di Maria que já não são assim tão novos e precisavam de melhor acompanhamento de uma nova geração que não está aparecendo - adicionou.

Rivaldo comparou a evolução das seleções brasileira e argentina nos últimos anos: “O Brasil tem qualidade suficiente para dividir a responsabilidade dentro de campo, enquanto a Argentina fica muito dependente do Lionel Messi em especial, então, penso que é por aí que estamos vendo maiores dificuldades da Argentina, inclusive já na Copa América em que empataram com o Chile na estreia”.

- Resumindo, eu penso que atualmente o Brasil tem melhores jogadores do que a Argentina e isso acaba explicando algumas das diferenças a que temos assistido entre os dois times - finalizou o embaixador da Betfair.

Últimas