Futebol Renato Augusto explica mudança de hábitos na China e cuidados antes de reestrear no Corinthians

Renato Augusto explica mudança de hábitos na China e cuidados antes de reestrear no Corinthians

Meia revelou os cuidados com o corpo que passou a ter no futebol chinês e reforçou sua cautela para evitar queimar etapas que possam trazer problemas físicos em seu retorno

Lance
Lance

Lance

Lance

O torcedor do Corinthians está muito ansioso para ver Renato Augusto dentro de campo, especialmente durante os 90 minutos, mas essa pressa não existe nem por parte do jogador, nem da comissão técnica. Mas o corintiano pode ficar tranquilo, pois o jogador que voltou da China está com físico melhor e mais bem cuidado do que quando deixou o Timão há quase seis anos.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre a estreia de grandes jogadores do Corinthians na última década

Em live na Twitch do clube, pouco antes de sua entrevista coletiva de apresentação, Renato revelou que está com percentual de gordura menor do que em 2015, seu auge como jogador do Alvinegro. Atualmente com 90kg, o meia tem 10,2% de gordura no corpo e quer baixar ainda mais, para 9,5%. Tudo isso fruto de uma mudança de hábito que precisou ter no futebol chinês.

- Como o Beijing precisava muito da minha parte física, eu tinha que fazer várias funções, precisava estar muito bem, passei a me cuidar mais, vai passando o tempo e você percebe que fica cada vez mais importante você cuidar do corpo. Além do fisioterapeuta, eu fazia um trabalho com um nutrólogo, então eu tomava suplementos, matinha uma rotina e isso me ajudou bastante nos últimos anos, me ajudou a estar bem para me manter na Seleção, ser campeão olímpico, passar toda a Eliminatória e chegar na Copa do Mundo. Então é um trabalho que virou normal para mim, então já mantenho para poder crescer como atleta e poder continuar jogando em alto nível.

Em sua primeira passagem pelo Corinthians, Renato precisou superar uma sequência de lesões antes de brilhar no título brasileiro de 2015. Com essa nova consciência física e esse histórico, ele busca cautela nesse período que antecede sua reestreia pelo clube. Segundo o meia, o objetivo é não queimar etapas e fazer essa volta de forma gradativa, mesmo com passos mais curtos.

- Em relação ao histórico, por tudo o que eu passei, eu acabei mudando minha maneira de ver o jogo, comecei a mudar de posição, comecei a jogar em outras funções, foram coisas que aconteceram na minha vida que foram positivas para mim, de poder evoluir. Então eu tive uma experiência assim no ano passado, fiquei muito tempo no Brasil até chegar na China, tive um tempo curto para chegar na forma física ideal - disse, antes de completar:

- Eu uso mais o que eu passei no ano passado como experiência, de cuidar bem do corpo para poder começar gradativamente os jogos e não ter nenhum problema que a gente tenha que dar um passo para trás, melhor dar um passo mais curto para que a gente possa atingir o objetivo, do que dar um passo muito largo e cair - concluiu.

Dessa forma, neste domingo, contra o Ceará, Renato Augusto começará no banco de reservas e ficará à disposição de Sylvinho no decorrer da partida, podendo ser utilizado entre 15 e 30 minutos, de acordo com o próprio jogador. O pensamento é o mesmo na diretoria e na comissão técnica, que não irão queimar etapas nesse processo, pensando nos resultados a longo prazo.

Últimas