Futebol R$ 100 milhões, contratações e Luís Castro: os próximos passos do Botafogo com John Textor

R$ 100 milhões, contratações e Luís Castro: os próximos passos do Botafogo com John Textor

Assinatura do contrato definitivo da SAF resulta em 'controle total' do departamento de futebol por parte do norte-americano; clube já está ativo no mercado

Lance
Lance

Lance

Lance

A espera acabou: Botafogo e John Textor firmaram, oficialmente, uma parceria. O contrato definitivo foi assinado na última quinta-feira e o empresário norte-americano comprou 90% da SAF e agora tem controle nas decisões do departamento de futebol do Alvinegro.

+ Piazon e Sampaio: nomes 'fora da curva' são consequência da nova equipe de mercado do Botafogo

Os cofres serão abastecidos com a 'canetada' do executivo. Via contrato, mais R$ 100 milhões serão depositados pelo norte-americano nos próximos dias. Vale lembrar que ele já havia colocado R$ 50 milhões por meio de um empréstimo-ponte no mês passado. Esses valores estão inclusos nos R$ 400 milhões que Textor se comprometeu a investir no clube.



Este novo valor vai, em grande parte, para investimentos no futebol. O dinheiro colocado primeiramente foi para 'arrumar a casa' - pagamento de salários atrasados e contas de curto prazo. Agora, o foco é reforçar o time visando a disputa do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Vale lembrar que o valor mínimo para investimento é R$ 100 milhões, algo que foi colocado no contrato entre Botafogo e Eagle Holdings. John Textor pode colocar mais dinheiro na jogada se sentir que a equipe precisa de mais investimento para chegar onde ele considera que é o lugar certo. Mas esse ainda é um assunto para o futuro.

REFORÇOS
Com toda a parte burocrática resolvida e John Textor oficialmente no comando, o Botafogo tem 'caminho livre' para anunciar contratações. O clube já está mapeando o mercado há semanas com as chegadas de Alessandro Brito, novo 'Head Scout', e André Mazzuco, diretor de futebol.

Os primeiros nomes deverão ser Philipe Sampaio, zagueiro do Guingamp-FRA, e Lucas Piazon, meia do Braga-POR. Os dois desembarcam no Rio de Janeiro nos próximos dias e assinam se aprovados nos exames médicos.

Mas não vai parar por aí. O Glorioso deve fazer barulho no mercado na busca por novos nomes para o time. Jogadores em praticamente todas as posições foram mapeados pela equipe de análise de mercado e, a partir da aprovação do departamento de futebol, as conversas visando contratação são iniciadas.

Bruno Tabata, Edinson Cavani, Gabriel Pires, Vitinho... São muitos os nomes especulados e observados nos corredores do Estádio Nilton Santos nas últimas semanas - e a tendência é que isso aumente.

Luís Castro - Al-Duhail

Luís Castro - Al-Duhail

Lance

(Foto: Divulgação / Al-Duhail)

TREINADOR
É questão de tempo para que Luís Castro seja anunciado. Já há um acordo entre o português e o Botafogo, mas o Al-Duhail, atual clube do comandante, quer segurá-lo até o junho, data do fim do contrato, pelos compromissos da Copa Nacional.

John Textor já se comprometeu a pagar a multa de rescisória de 1,2 milhão de euros (aproximadamente R$ 7 milhões, na cotação atual). O advogado do empresário do técnico está em Doha para resolver a situação diretamente com o Al-Duhail e a tendência é por um desfecho positivo nos próximos dias.

A coisa está tão adiantada que Luís Castro já 'começou' os trabalhos como treinador do Botafogo. Ele teve reuniões com o departamento de futebol e fez análises sobre o elenco do Alvinegro - inclusive, a indicação para a contratação de Lucas Piazon foi dele.

Últimas