Perto do fim do contrato, Willian afirma que não vê problema em se transferir para um clube rival

Em entrevista ao 'Bolívia Talk Show', jogador do Chelsea, de 31 anos, diz que mantém contato com o técnico português, seu amigo pessoal, José Mourinho, do Tottenham

Lance

Lance

Lance

Em meio à pandemia, o futuro do meia Willian segue indefinido no Chelsea. O contrato do brasileiro se encerra no próximo dia 30 de junho, e seu nome tem sido ventilado em diversos gigantes do futebol inglês como: Arsenal e Tottenham. Neste sentido, o atleta disse, em entrevista ao 'Bolívia Talk Show', que não vê problema em se transferir para um clube rival da mesma cidade.

Ainda para o jogador, os torcedores ingleses são mais receptivos nesses casos e assumiu que mantém contato com seu ex-treinador, José Mourinho, do Tottenham. Ambos tem uma boa relação e são amigos pessoais, o que pode facilitar para uma possível transferência. Vale destacar que o técnico trabalhou com Willian, no Chelsea, de agosto de 2013 a dezembro de 2015.

Apesar das constantes conversas, o brasileiro destacou que o comandante português respeita os clubes envolvidos e não interfere em qualquer negociação. Dessa forma, até o momento, o futuro do craque segue indefinido e a troca de clube ainda é pautada na especulação para a próxima janela de transferência.

- Eu não sei o que vai acontecer, se eu vou ficar no Chelsea, se vou sair para algum outro clube de Londres, se eu vou sair da Inglaterra, isso eu realmente não sei - afirmou o meia de 31 anos.

Willian já afirmou o desejo de permanecer em Londres, pois ama a cidade. Cabe salientar, que o atleta mora com sua família na capital britânica desde 2013, ano em que chegou ao Chelsea. Até o momento, o meia marcou 59 gols em 329 jogos com a camisa do blues.