Novo Coronavírus

Futebol Paulistão pode voltar na segunda. Corinthians já se prepara para jogar

Paulistão pode voltar na segunda. Corinthians já se prepara para jogar

Ainda dependendo de liberação do governo, Timão pode jogar na segunda-feira (12), contra a Ferroviária, pela nona rodada

Lance
Corinthians ainda não sabe quando volta a jogar

Corinthians ainda não sabe quando volta a jogar

Lance

Enquanto Ministério Publico de São Paulo, Federação Paulista de Futebol e os clubes da Série A discutem a retomada do Paulistão, mesmo em meio a recordes diários de mortes no Estado e em todo o país, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Corinthians já se movimenta para a retomada da competição nesta segunda-feira (12).

A FPF ainda não entrou em contato com o clube do Parque São Jorge para avisar sobre a realização do jogo válido pela nona rodada do Campeonato Paulista, contra a Ferroviária, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, mas a movimentação corintiana se dá justamente para evitar uma "correria" semelhante à de quando a entidade máxima do futebol paulista marcou o confronto do Timão contra o Mirassol, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, na véspera da partida, que aconteceu no dia 23 de março, no estádio Raulino de Oliveira.

Inclusive, o estafe corintiano já entrou em contato com um hotel em Araraquara para hospedar a delegação, caso o confronto diante da Locomotiva seja confirmado.

O Corinthians, ao lado de Palmeiras, Ponte Preta, Red Bull Bragantino, Santos e São Paulo tem a prioridade da Federação na marcação das suas partidas, já que estão envolvidos em outras competição simultaneamente.

Paralisação do Paulista
Desde o dia 15 de março o futebol no Estado de São Paulo está suspenso, por determinação do Governo, devido ao agravamento da pandemia de covid-19. A fase emergencial que, a princípio, iria até o dia 30 de março, foi extendida ao dia 11 de abri, próximo domingo.

Durante o período a FPF chegou a levar a partida do Timão contra o Mirassol e do Palmeiras contra o São Bento para Volta Redonda, no Rio de Janeiro, mas encontrou dificuldades para realocar outros jogos para diferentes Unidades da Federação.

Agora, a entidade máxima do futebol paulista conversa com o MP-SP sobre um protocolo mais rígido de controle e coibição de infecção ao coronavírus.

Neymar e Mbappé brilham e PSG vence Bayern; Chelsea bate Porto

Últimas