Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

OPINIÃO: Descartar o Fluminense da disputa por títulos em 2022 é brigar com a realidade

Tricolor é vice-líder do Campeonato Brasileiro, semifinalista da Copa do Brasil e diariamente tirado dos concorrentes às taças

Futebol|Do R7


Lance
Lance

Antes de a bola rolar para os campeonatos em 2022 era normal colocar Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG e, neste ano, o Corinthians como concorrentes aos principais títulos. A chegada de Fernando Diniz, porém, fez o Fluminense atingir um outro patamar nessa disputa. Vice-líder do Brasileirão e semifinalista na Copa do Brasil, o Tricolor é avaliado diversas vezes como dono do melhor futebol do Brasil. Mas, então, como explicar a ideia de muitos de que o Flu não é um dos postulantes às taças?

Muito se falou ao longo dos últimos dias sobre a tal da "final antecipada" entre Flamengo e Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Até quando se analisam os principais concorrentes ao título é difícil que citem o Fluminense, que vai encarar o time paulista no próximo sábado e pode colocar a diferença de oito para cinco pontos, algo totalmente atingível dentro da realidade brasileira. Desde que Fernando Diniz chegou, o Flu deixou de ser somente o azarão entre os favoritos para se consolidar como uma das forças na briga.

É contraditório que se fale sobre o melhor futebol do Brasil e ao mesmo tempo desvalorize a briga por taças importantes. O Fluminense, é claro, oscila nesse momento da temporada. Passa por jogos muito bons, como fez contra o Coritiba no último sábado, assim como alguns dias ruins, como na derrota para o Internacional no Beira-Rio. Além disso, tem um elenco bem menos recheado do que os atuais concorrentes, o que torna a missão difícil, mas não impossível.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

Publicidade

​O Flu deixou de ser uma surpresa em 2022. Em 2020 é possível dizer que o time surpreendeu ao atingir a vaga direta para a Libertadores, terminando o Brasileiro em quinto. Naquele momento o investimento ainda não era dos maiores, mas o ótimo trabalho de Odair Hellmann complementado por Marcão mudou as coisas. O Tricolor entrou em 2021 sabendo que a expectativa era maior e correspondeu. Chegou às quartas de final da Liberta, ficou em sétimo no Brasileirão.

Nesse ano a mudança de panoramas já começou no Campeonato Carioca. É impossível desvalorizar o feito de um time que venceu 13 jogos consecutivos e foi campeão colocando o favorito Flamengo na roda na decisão. É claro que houve instabilidade e decepção. A saída de Abel Braga sinaliza que os rumos precisavam mudar e geraram de certa forma uma insegurança inclusive na torcida. Será que de fato era o ano de sonhar? E, sim, é.

Publicidade

Fernando Diniz, dentro de todo seu histórico ainda instável, mostrou que esse time é, sim, capaz de ser competitivo, jogar bem e, mesmo quando a atuação é ruim, ter o espírito "copeiro" o suficiente para sair com os três pontos ou a classificação. Aconteceu contra o Fortaleza na última semana.

O Fluminense ao lado de seu torcedor no Maracanã se tornou um acontecimento. É o segundo melhor mandante do Brasileirão com a mesma pontuação conquistada pelo Flamengo até aqui e uma diferença apenas no número de derrotas por ter tido um jogo a mais. Como visitante é quase igualmente forte. O quarto melhor e sempre lotando os setores destinados a ele nos estádios Brasil a fora.

Publicidade

Como o próprio LANCE! já mostrou, o elenco é curto e fica sobrecarregado. É impossível prever se o Flu vai aguentar na mesma intensidade até novembro. Mas não é absurdo pensar que há chances, especialmente em um torneio mata-mata como a Copa do Brasil. Outros clubes já mostraram antes ser possível. O próprio Fluminense já reverteu o 1% de chances em 100% quando escapou do rebaixamento em 2009.

Tirar o atual vice-líder do Brasilerão e semifinalista da Copa do Brasil da lista de concorrentes ao título é desvalorizar um time aguerrido e que demonstra uma maturidade importante em jogos grandes. É brigar com a realidade atual.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.