Mourinho critica a arbitragem após empate do Spurs com United

Treinador disse que a arbitragem errou ao marcar pênalti polêmico que originou o empate do Manchester e  por pouco não errou validando uma segunda penalidade

Lance

Lance

Lance


Após o empate do Tottenham com o Manchester United em 1 a 1 nesta sexta-feira, pelo Campeonato Inglês, o treinador José Mourinho reclamou muito da arbitragem e, notadamente dos dois lances mais polêmicos. O pênalti que gerou o gol dos Red Devils, marcado pelo português Bruno Fernandes, e a segunda penalidade contra o seu time, revertido após o árbitro consultar o VAR:


- Se eu fosse o árbitro, não daria nenhum dos pênaltis. Na minha posição em campo, pareceu pênalti. Mas se você olhar o VAR, não marcaria. O segundo penal, então, o árbitro nem deveria ter marcado. Para começar, deixou de ter dado falta clara para nós e, na continuação da jogada, marcou o pênalti. Pelo menos dessa vez ele viu no VAR que foi uma simulação do Bruno Fernandes.

No jogo, o Tottenham saiu na frente com um gol de Steven Bergwijn
no primeiro tempo. Na etapa final, aos 36, Bruno Fernandes, cobrando pênalti, empatou. O placar de 1 a 1 manteve o Tottenham no oitavo lugar, com 42 pontos. O Manchester United é o quinto (zona da Liga Europa), com 46 pontos.