Novo Coronavírus

Futebol Mosaico, fumaça e cantos: Flamengo transforma o Maracanã sem torcida

Mosaico, fumaça e cantos: Flamengo transforma o Maracanã sem torcida

Diretoria rubro-negra se mobilizou para tornar a atmosfera da final do Carioca, contra o Fluminense, mais próxima dos momentos pré-pandemia 

Lance
Flamengo organizou um mosaico especial para final contra o Fluminense

Flamengo organizou um mosaico especial para final contra o Fluminense

Lance

Por conta dos protocolos de segurança no combate à covid-19, o Flamengo não pôde contar com a sua torcida na decisão do Carioca, nesta quarta. Contudo, a diretoria se mobilizou para tornar o ambiente do Maracanã o mais próximo possível do que se costumava encontrar no estádio antes da pandemia. Mandante diante do Fluminense, o clube enfeitou as arquibancadas, realizou um mosaico e até recepção com fumaça na entrada do time.

No Setor Norte, onde costuma ficar a parte mais empolgada da Nação, as torcidas organizadas e embaixadas espalharam suas faixas e bandeiras - mais de 30, deixando o estádio rubro-negro. Na arquibancada central, um mosaico foi preparado com a seguinte mensagem: "42 milhões com vocês", referindo-se ao número de torcedores do Flamengo no Brasil.

Outra ação do clube foi a utilização do sistema de som com cantos das torcidas, desde o aquecimento das duas equipes no gramado. Quando o time de Odair Hellmann subiu ao campo para a partida, vaias. Quando os comandados de Jorge Jesus subiram, aplausos e fumaça.

Até o tradicional canto em homenagem ao treinador português pôde ser ouvido: "Olê, olê, olê, olê... Mister! Mister!".

Apontada como affair de técnico do Flamengo, advogada se defende

Últimas