Futebol Messi se despede do Barcelona e admite negociação com PSG

Messi se despede do Barcelona e admite negociação com PSG

Atacante e maior ídolo do Barça se emociona em entrevista coletiva e afirma que não queria se despedir assim dos culés 

Lance
Messi não conteve as lágrimas em sua despedida do Barcelona

Messi não conteve as lágrimas em sua despedida do Barcelona

Lance

Após o Barcelona informar o fim do casamento com Lionel Messi, foi a vez do próprio craque argentino se manifestar. Em entrevista coletiva no Camp Nou, na manhã deste domingo, o jogador de 34 anos afirmou que limites de gastos impostos pela organização da La Liga foram a chave doo rompimento. Muito emocionado, ele chorou, mostrou gratidão e amor aos culés.

- Não sei se vou conseguir falar. Nos últimos dias estive pensando, me perguntando o que poderia dizer. Isso é muito difícil para mim depois de uma vida inteira. Eu não estava preparado. No ano passado, quando estourou a bagunça do burofax, eu estava (preparado), eu sabia o que tinha a dizer. Mas este ano não. Estávamos convencidos de que íamos continuar aqui, em casa, era o que o que mais queríamos - disse Messi, em rápido pronunciamento antes das perguntas.

O craque chegou ao Barcelona ainda adolescente, em 2000, com 13 anos. Hoje, deixa o Barça com 672 gols e 268 assistências em 778 jogos. Ao todo, foram 35 títulos com a equipe espanhola, incluindo quatro Champions e dez La Ligas.

-Acho que Laporta já disse. Tudo estava resolvido, mas por causa da questão da La Liga, não poderia ser feito. Não há nada mais do que isso. Tínhamos tudo combinado e não poderia ser feito. Fiz tudo o que era possível (para continuar). Ouvi muitas coisas que se falaram de mim. Fiz todo o possível para ficar. Estou muito triste por sair deste clube que amo. Numa altura que não esperava porque nunca menti, sempre fui em frente contando a verdade. No ano passado quis ir embora, não este. Por isso a tristeza- completou Messi.

Despedida indesejada

O craque afirmou ainda que essa não era a despedida que ele planejou. Ele disse que queria sair ovacionado, com todos o aplaudindo, o que não acontece há mais de um ano e meio, por conta da pandemia.

"Nunca imaginei minha despedida, mas não teria imaginado assim. Eu gostaria de ter feito isso no campo, de ter ouvido uma última ovação. Senti saudades do público na pandemia, poder comemorar um gol. Estou me aposentando deste clube sem vê-los há mais de um ano e meio. Se eu tivesse imaginado, teria sido com o estádio lotado. Aconteceu assim e, repito, agradeço o carinho de todos esses anos. Passamos bons e maus momentos, mas o carinho sempre foi o mesmo. Reconhecimento e amor. Sempre amarei este clube. Espero poder voltar em algum momento para fazer parte deste clube. Espero poder contribuir com algo para que este continue a ser o melhor clube do mundo. Tenho certeza que esqueci um monte de coisas, mas é o que posso dizer agora." comentou o argentino, que é o maior jogador da história do clube.

E o PSG?

Por fim, ele admitiu que tem propostas do PSG na mesa, mas afirmou que não tem nada acertado entre as partes. Segundo Messi, eles estão apenas conversando.

-Bem, o PSG é uma possibilidade. Neste momento não tenho nada combinado com ninguém. Vários clubes se interessaram e ainda não há nada fechado. Estamos conversando, obviamente- concluiu.

Messi deixa o Barcelona como a maior lenda do clube; relembre

Últimas