Meia do São Paulo: 'Podem ter certeza que colheremos bons frutos'

Meia-atacante Everton cumpre rotina de exercícios nas férias para voltar em forma e não perder a pré-temporada ao lado de seus companheiros 

Everton teve muitos problemas de lesão em 2019

Everton teve muitos problemas de lesão em 2019

Lance

Ainda em recuperação de uma lesão no joelho esquerdo que o tirou das rodadas finais do Brasileirão, o meia-atacante Everton, do São Paulo, cumpre uma rotina de exercícios nas férias para voltar completamente à disposição da comissão técnica do Tricolor no próximo no. A expectativa é de que o jogador participe normalmente da pré-temporada com o restante do elenco.

Contratado pelo São Paulo por R$ 15 milhões em 2018, o jogador foi peça importante na campanha do Brasileirão do ano passado sob o comando de Diego Aguirre. Nesta temporada, no entanto, sofreu com as seguidas lesões e fez apenas 33 jogos, tendo marcado dois gols. Em entrevista, o meia-atacante confessou que o ano não foi dos melhores, mas projetou dias melhores em 2020.

- No meio do ano, você dispensou a folga da Copa América para tratar uma lesão. Como será a programação para o fim de ano? Terá férias normais ou ficará um tempo no Reffis?
Nesse fim de ano não precisarei ser tão rígido como na parada da Copa América pois já venho tratando há algum tempo. Mesmo assim, já tenho uma programação pronta de exercícios para fazer nas férias, enquanto viajo com a família. Vou chegar pronto para realizar a pré-temporada completa com a equipe.

- Queria que você fizesse um balanço dessa temporada: você jogou mais do que em 2018, mas sofreu com lesões novamente. O saldo é positivo?
O ano não foi do jeito que eu queria, obviamente. Os contratempos com as lesões me afastaram de chegar na meta pessoal que eu tinha de jogos na temporada.

- Quais são os seus planos para 2020? Pretende ficar no São Paulo para dar a volta por cima com a camisa do clube?
Meu desejo é o mesmo de quando eu cheguei: fazer história no clube. Estou me preparando muito para isso.

- O que você espera do São Paulo em 2020? E o que achou da permanência de Raí e Fernando Diniz para o próximo ano?
Acredito muito em continuidade de trabalho para que os objetivos sejam alcançados. A permanência do Raí e do Diniz é importante para seguirmos o trabalho em 2020. Podem ter certeza de que colheremos bons frutos no ano que vem.

Pato e Ganso estão em lista de promessas fracassadas da década