Maracanã delira e faz jus ao feito do Flamengo; veja reações com o título

Torcida rubro-negra comparece em peso à sua casa e, após aflição com placar desfavorável durante boa parte da final, vibra como se os comandados de Jesus estivessem em campo

Lance

Lance

Lance

A sensação era a de estar em casa numa festa, mas não poder contar com quem você ama. Neste sábado, a torcida do Flamengo apoiou e incentivou como se os jogadores estivessem recebendo a energia em Lima, palco da decisão da Libertadores. Em tensos 90 minutos, o Maracanã passou boa parte sob alta tensão, sobretudo pelo River Plate ter ficado à frente do placar durante boa parte, mas sem se calar.

E a coroação para pouco mais de 40 mil rubro-negros veio. Os dois gols de Gabigol surgiram depois de alguns "Vamos Virar, Mengo!" e "Em Dezembro de 81". A confiança, embora abalada, ainda estava ali, e foi transformada em delírio com as históricas bolas na rede do camisa 9.

O LANCE! registrou até um torcedor que perdeu o ar e ficou em prantos, ao ver o gol de empate, marcado aos 43 do segundo tempo. Enquanto a cena era gravada, a virada, com chuva de cerveja, aliada à forte chuva, de fato, gritos e semblantes de incredulidade. Um script cruel, tocante e que testou o lado cardíaco de todos os torcedores. Teve um que se ajoelhou por minutos (veja abaixo).

Agradecer, chorar, vibrar. Se viu de tudo na casa do Flamengo, que não quis nem saber se tinha bola rolando no gramado ou não. O torcedor entendeu que ali era a sua residência e, como a conhece como ninguém, fez questão de tratá-la como um dia de jogo "qualquer". E agora ele lembrará de cada segundo, pois sabe que, de alguma maneira, ajudou a fazer parte da história de seu clube.

VEJA REAÇÕES

A COMEMORAÇÃO COM A CONFIRMAÇÃO DO TÍTULO