Futebol Loss aposta em estilo 'copeiro' do Corinthians para afastar má fase

Loss aposta em estilo 'copeiro' do Corinthians para afastar má fase

Com o segundo pior aproveitamento entre os técnicos da Série A, Loss tem respaldo para dar sequência e avalia positivamente o trabalho feito

Osmar Loss tem a confiança da diretoria corinthiana

Osmar Loss não tem bom aproveitamento, mas conta com a confiança da diretoria

Osmar Loss não tem bom aproveitamento, mas conta com a confiança da diretoria

Reprodução/Lance

A fase do Corinthians não vive uma fase boa, seja por resultados, seja pela saída de jogadores e de elementos da comissão técnica. A pausa para a Copa do Mundo era vista como um mar de esperanças para o time, mas as perdas de Sidcley, Balbuena e Rodriguinho, além de Maycon, que já estava vendido, deixaram a vida do técnico Osmar Loss mais complicada. Nesta quarta-feira, às 21h45, diante do Cruzeiro, na Arena, o treinador tentará afastar a pressão e melhorar seus números no comando do Timão.

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre o prêmio The Best

Entre os atuais técnicos da Série A com mais de cinco jogos oficiais na temporada, Loss é o segundo com o pior aproveitamento em 2018. Até agora, são nove partidas, duas vitórias, dois empates e cinco derrotas, tendo conquistado apenas 29,63% dos pontos que disputou. Está à frente apenas de Lisca, do Ceará, com 28,57%.

- Eu tinha uma expectativa de logo que eu assumi ter um rendimento melhor, até porque não fiz muitas mudanças. Esperava que o time tivesse uma resposta, a gente já vinha em oscilação, mas esperava um pouco mais de resultado, não esperava perder tantos jogos no final. Tomamos gols depois dos 35 minutos. Acreditava que tivesse um rendimento melhor. E a partir de agora creio que nosso rendimento vai crescer - disse Loss em entrevista ao LANCE!.

O comandante corintiano, apesar do retrospecto desfavorável à frente do time, tem confiança de que a pausa para o Mundial da Rússia já trouxe resultados para dentro de campo e é otimista ao avaliar o trabalho.

- A partir do momento, pós-parada, tenho mais convicção que aquilo que eu coloco no treinamento está sendo bem recebido pelos atletas, então faço uma avaliação positiva - explicou.

Malcom diz realizar sonho de criança agora no Barcelona

Loss sabe que a oitava posição no Brasileirão, com 19 pontos, preocupa e causa pressão. Por outro lado, também sabe que tem o respaldo da diretoria encabeçada por Andrés Sanchez, que costuma falar em continuidade para os treinadores. O apoio não é só dos dirigentes, como também dos jogadores.

- Além da consistência de acreditar no trabalho da comissão técnica, o feedback dos atletas em relação aos trabalhos e às ideias são sempre positivos. O Corinthians já mostrou que é um time vencedor, copeiro, que chega e normalmente se posiciona bem nas decisões. Tudo isso me dá confiança de que vamos brigar por títulos - afirmou o treinador.

Everton confirma contratação de Richarlison, ex-Fluminense

- Talvez a grande colocação é um time que não gosta de perder, que não aceita a derrota com facilidade. Muitas vezes vamos ser derrotados, mas não vamos aceitar com facilidade, esperar o jogo terminar. Se estiver atrás, vamos correr atrás. Se estiver na frente, vamos abraçar com unhas e dentes para que a bola não entre no nosso gol - acrescentou Loss.

Há algumas semanas, Corinthians e Cruzeiro se enfrentaram duas vezes em amistosos de preparação durante a Copa do Mundo, com uma vitória para o Timão, por 2 a 0, e um empate por 2 a 2. Agora, porém, a partida tem um peso maior, já que é válida pela 15ª rodada do Brasileirão. Com um time cheio de desfalques e vindo de uma derrota no clássico contra o São Paulo, o treinador acredita no espírito "copeiro" para conseguir um bom resultado em casa. É isso que a torcida espera ver nesta quarta à noite!

Mereceram? Como foi a temporada dos indicados a melhor do mundo

    Access log