Ibrahimovic considera se aposentar durante paralisação por coronavírus

Frustrado por pausa no futebol e pelo projeto pouco ambicioso do Milan na próxima temporada, sueco cogita virar agente ao lado de Mino Raiola

Ibrahimovic pode trocar gramados para ser agente de jogadores

Ibrahimovic pode trocar gramados para ser agente de jogadores

Lance

Zlatan Ibrahimovic está de volta a Suécia enquanto Milanello, centro do treinamento do Milan, está de portões fechados devido à pandemia de coronavírus. Com o futebol paralisado, o centroavante de 38 anos cogita encerrar a carreira de atleta e entrar no ramo de agenciamento de jogadores sob a tutela de seu influente empresário, Mino Raiola. As informações são do jornal italiano "La Gazetta Dello Sport".

O veículo detalha o dilema de Ibrahimovic. Sem precisar de mais dinheiro ou fama, tudo que ele tem no Milan é um projeto atualmente congelado, e a possibilidade de disputar no máximo a Liga Europa na próxima temporada (seja lá quando ela ocorrer).

Além disso, o também italiano "SportMediaset", no início da semana, apontou para o decepção de Ibra ante a recente demissão do diretor de futebol e ex-jogador milanista na década de 90, Zvonomir Boban. Ao lado de Paolo Maldini, o dirigente foi peça chave para o retorno do sueco ao Rossonero na última janela de transferências.

Mesmo que Ibrahimovic ultrapasse este momento de estagnação e a aposentadoria não venha nesta ou na próxima temporada, ambos veículos acordam que o futuro de Ibrahimovic deve ser mesmo como empresário de atletas ao lado de Mino Raiola.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Em quarentena, jogadores têm apoio da família para passar tempo