Goleiros do Corinthians têm foco em saída de bola e jogo com os pés

Comissão interina do Timão tem dado atenção especial para posicionamento da defesa na saída de bola. Goleiros passam ser mais exigidos com os pés

Jogo com os pés de Cássio não é uma característica positiva do goleiro do Timão

Jogo com os pés de Cássio não é uma característica positiva do goleiro do Timão

Peter Leone/O Fotográfico/Lancepress!

Depois de mudar o posicionamento dos laterais, do meio-campista Pedrinho e de instaurar a marcação-pressão na saída de bola adversária, a comissão técnica interina do Corinthians espera fazer uma nova mudança no estilo de jogo da equipe: fazer com que os goleiros sejam mais participativos com os pés - algo que dificilmente acontece no time do Parque São Jorge.

Veja mais: Dentinho e Taison desabafam na web: 'Precisamos ser antirracistas!'

No treino da última terça, na reapresentação do elenco após o empate, em 1 a 1, com o Palmeiras, o técnico Dyego Coelho deu atenção especial ao posicionamento dos defensores na saída de bola. Os goleiros Cássio - recuperado de dores no quadril após desfalcar o Timão por duas rodadas - Walter, Caíque França e Filipe foram muito exigidos. A ideia da comissão técnica é dar opções de jogo para os atletas de linha e evitar chutões.

- A saída (de bola) com Walter, ou com Cássio, enfim, com goleiro, é importante também para você respirar seu time. Ficar dando chutão, o time acaba sofrendo um pouco - explicou Dyego Coelho logo após o empate no último sábado ao ser questionado sobre o tema.

Goleiro titular do Corinthians desde a temporada 2012, Cássio não é um especialista com a bola nos pés, muito pelo contrário. O ídolo do Timão se notabilizou pelas grandes defesas e pela frieza em momentos decisivos, não por ajudar os jogadores de linha na saída de bola.

Veja mais: Gol aos 46. Gol aos 48. Quem ganhou foi o Flamengo

Por isso, a comissão técnica interina dará atenção especial para este aspecto no jogo dos goleiros. Cássio, mais acostumado a ser acionado para se livrar da bola, dando um chutão para o ataque, deve adotar um novo estilo trabalhando mais com os laterais e com os zagueiros.

- Os treinos que o (Leandro) Idalino (preparador de goleiros) faz são fantásticos para todos os goleiros. Se for estimulado, qualquer goleiro consegue fazer - afirmou Coelho já indicando que os quatros goleiros do Timão devem ter trabalho extra até o fim desta temporada.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

De olho na grana! Confira valores de premiação do Brasileirão 2019