Campeonato Brasileiro

Futebol Fluminense sai na frente, mas é dominado e goleado pelo Athletico

Fluminense sai na frente, mas é dominado e goleado pelo Athletico

Fred marcou o primeiro gol logo no minuto inicial, mas Tricolor piorou a partir dos 20 minutos e foi muito mal após o intervalo

Lance
Athletico fez ótimo segundo tempo e goleou o Fluminense no Rio

Athletico fez ótimo segundo tempo e goleou o Fluminense no Rio

Lance

Depois de um início animador, o Fluminense jogou muito mal e foi dominado pelo Athletico Paranaense, que venceu por 4 a 1 em jogo pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira (30). Os gols do confronto no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, foram marcados por Fred para os cariocas, e Richard, Vitinho, Zé Ivaldo e Nikão para os paranaenses.

O Flu, que fica com 10 pontos e pode cair da nona posição, volta a entrar em campo no próximo domingo, quando faz o clássico com o Flamengo às 16h, na Neo Química Arena, já que o Maracanã está entregue à Conmebol. O Athletico, vice-líder com 16 pontos, enfrenta o Fortaleza no sábado, na Arena da Baixada, às 19h.

VAI TE PEGAR
Mal deu tempo de respirar e o Fluminense já abriu o placar. Logo no primeiro minuto, Yago Felipe deu passe de letra e encontrou Cazares. O meia deu um cruzamento na medida para Fred subir entre os zagueiros e cabecear para o fundo do gol. Atordoado, o Athletico não se encontrou em campo nos primeiros 20 minutos e o Tricolor dominou, marcou pressão, chegou a frente, mas pecou na hora de finalizar.



QUEM NÃO FAZ...
O Flu tanto pressionou que, no momento em que diminuiu o ritmo e deixou o Athletico com a bola, sofreu o empate. Aos 25 minutos, Léo Cittadini tocou no buraco da defesa tricolor para achar Richard. O ex-Fluminense cortou o adversário na área e chutou rasteiro. Marcos Felipe chegou a encostar na bola, mas falhou. Depois disso, foi a vez de o time carioca ficar perdido e os paranaenses passaram a aparecer mais. Eles chegaram até a virar o jogo, mas viram o gol de Léo Cittadini ser anulado por impedimento com ajuda do VAR.

FURACÃO NA FRENTE
Com muitos erros ofensivos, os dois times tiveram dificuldades de criar no início do segundo tempo. Os dois treinadores tentaram promover as alterações nas equipes para aumentar a dinâmica. Nulo ofensivamente, o Fluminense mal viu a bola e o Athletico, que já vinha ensaiando a pressão, virou o jogo. Aos 27 minutos, Vitinho recebeu na esquerda e passou com tranquilidade por Kayky para chutar de fora da área.

PASSEIO
Aproveitando o ótimo momento, o Athletico matou o jogo. Aos 30 minutos, Nikão bateu falta e Zé Ivaldo apareceu sozinho na marcação nula de Nino, Luccas Claro e Ganso para ampliar. Enquanto o Flu cansou e parou de produzir, o Furacão tomou conta do confronto. Até houve chances para os mandantes, mas os visitantes fecharam o duelo aos 49, quando Nino fez pênalti em Cittadini e, com a ajuda do VAR, o árbitro marcou para Nikão fazer o quarto.

FLUMINENSE 1X4 ATHLETICO PARANAENSE

Data/Hora: 30/06/2021, às 16h
Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
Árbitro de vídeo: Vinicius Furlan (SP)
Gols: Fred (1'/1ºT) (1-0), Richard (25'/1ºT) (1-1), Vitinho (27'/2ºT) (1-2), Zé Ivaldo (30'/2ºT) (1-3), Nikão (49'/2ºT) (1-4)
Cartões amarelos: Fred (FLU), Christian, Richard (CAP)
FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (Ganso - 23'/2ºT) e Nene (Matheus Martins - 32'/2ºT); Gabriel Teixeira (João Neto - 32'/2ºT), Cazares (Kayky - 23'/2ºT) e Fred. Técnico: Roger Machado
ATHLETICO PARANAENSE: Santos; Marcinho, Thiago Heleno e Zé Ivaldo; Leo Cittadini, Richard, Abner, Fernando Canesin (Nikão - 18'/2ºT); Terans, Carlos Eduardo (Vitinho - 18'/2ºT) e Matheus Babi (Pedro Henrique - 41'/2ºT). Técnico: António Oliveira

Policial que deu choque e matou ex-jogador inglês ficará 8 anos preso

Últimas