Futebol Flamengo volta a bater o Coritiba e se classifica na Copa do Brasil

Flamengo volta a bater o Coritiba e se classifica na Copa do Brasil

Com atuação impecável e gols de Vitinho e Bruno Henrique, Rubro-Negro faz 2 a 0 e se garante nas oitavas de final do torneio

Lance
Jogadores do Flamengo comemoram gol marcado por Vitinho

Jogadores do Flamengo comemoram gol marcado por Vitinho

Lance

Depois de vencer no Couto Pereira por 1 a 0, na última semana, o Flamengo não tomou conhecimento do Coritiba nesta noite, no Maracanã, e venceu por 2 a 0. Domínio completo, posse de bola, muitas chances e gols de Vitinho e Bruno Henrique - um em cada tempo - fizeram do jogo um verdadeiro "atropelo" do Rubro-Negro, que avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil com folga.

Agora, com todos os times já definidos, a CBF definirá os confrontos da próxima fase do mata-mata na próxima terça-feira, no Rio de Janeiro, em sorteio.

INÍCIO DE JOGO FRENÉTICO!
A escalação e postura diferentes do Coritiba em relação à ida deixaram o início de jogo no Maracanã frenético. Isso porque, ao adiantar a marcação, o time de Gustavo Morínigo não apenas ameaçou a saída de bola do Flamengo, mas também se expôs demais. E se Arão e Rodrigo Caio quase se complicaram na área, Gerson e Bruno Henrique souberam explorar os espaços dados pelo rival.

Antes dos três minutos, Michael e Gerson já haviam finalizado com perigo e Rodrigo Muniz, após ser lançado por BH, ficou cara a cara com Wilson, mas chutou para fora. O tempo passou e, com o padrão de jogo já conhecido, o Flamengo passou a ditar o ritmo da partida, criando chance atrás de chance. Com 77% de posse de bola, o Rubro-Negro finalizou 15 vezes na etapa inicial.

VITINHO BRILHA MAIS UMA VEZ
Nas ausências de Gabigol, Pedro, Everton Ribeiro e Arrascaeta, Vitinho ganhou sequência entre os titulares e segue brilhando. O gol que abriu o placar no Maracanã foi do camisa 11, de cabeça, aproveitando o passe de Gerson. Nos jogos anteriores, incluindo o do Couto Pereira, o atacante deu três assistências.

Apesar das substituições, o cenário seguiu o mesmo após o intervalo. O placar, contudo, insistia em não ser mais alterado. Michael errou o passe final, Muniz teve nova chance e desperdiçou e Gerson carimbou a trave de Wilson. O Coritiba, por sua vez, seguiu sem exigir de Diego Alves, mas reclamou de pênalti de Vitinho em Dalberto. O árbitro não viu o pisão do camisa 11.

DE PÉ EM PÉ, CLASSIFICAÇÃO GARANTIDA
O lance que deu números finais ao placar foi característico dos melhores momentos desse Flamengo. De pé em pé, o time trocou passes no campo de ataque, passando por quase todos jogadores até Matheuzinho ir à linha de fundo e cruzar na medida para Bruno Henrique fazer 2 a 0, aos 22 minutos.

A partir disso, coube ao Flamengo administrar a partida até o apito final. O técnico Maurício Souza, que substituiu Rogério Ceni, com covid-19, deu mais minutos aos jovens Hugo Moura, Max, Ryan Luka e Yuri entre os profissionais. O confronto terminou com 20 finalizações do Flamengo e apenas 2 do Coritiba.

FLAMENGO 2X0 CORITIBA

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 16 de junho de 2021, às 21h30
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Flávio Gomes Barroca e Lorival Candido das Flores (ambos do RN)
Gols: Vitinho (1-0, 26'/1ºT) e Bruno Henrique (2-0, 20'/2ºT)
Cartão amarelo: Bruno Henrique (FLA); Dalberto, Willian Farias e Waguininho (CTB)
FLAMENGO (Técnico: Maurício Souza): Diego Alves, Matheuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego (João Gomes, Intervalo), Gerson (Ryan Luka, 29'/2ºT), Vitinho (Max, 29'/2ºT) e Michael; Bruno Henrique (Hugo Moura, 29'/2ºT) e Rodrigo Muniz (Yuri de Oliveira, 37'/2ºT).
CORITIBA (Técnico: Gustavo Morínigo): Wilson; Igor (Tailson, 23'/2ºT), Wellington Carvalho, Luciano Castán e Romário; Willian Farias (Matheus Sales, Intervalo), Val, Robinho (Rafinha, Intervalo) e Waguininho (Léo Gamalho, Intervalo); Igor Paixão e Dalberto (Valdeci, 23'/2ºT).

CR7 proíbe refrigerante e põe filho na esteira depois do sorvete

Últimas