FIFA suspende presidente da federação do Haiti acusado de abuso

Yves Jean-Bart, que comanda a federação por 20 anos, ficará 90 dias  sem exercer qualquer atividade no futebol. Ele é investigado por violar jogadoras menores de idade

Lance

Lance

Lance

Acusado de abusar de jogadoras menores de idade, o presidente da federação Haitiana de Futebol, Yves Jean-Bart, foi suspenso pela Fifa por 90 dias de qualquer atividade ligada ao futebol. O anúncio foi divulgado nesta segunda-feira pela entidade máxima do futebol.

Yves recebeu a acusação de ter abusado sexualmente de jogadoras das seleções de base do país no centro de treinamento da equipe nacional. A informação do "The Guardian", da Inglaterra, em abril, dá conta de que várias fontes ligadas ao local denunciaram a situação que envolve o cartola, que passou a ser investigado pela brigada de proteção de menores da polícia judiciária haitiana.


Yves, que tem 73 anos, dirige a FHF há duas décadas e foi reeleito para o sexto mandato em fevereiro.