Seleção brasileira

Futebol Fifa irá punir clubes que não liberaram atletas para a seleção

Fifa irá punir clubes que não liberaram atletas para a seleção

Após pedido da CBF, entidade mundial irá impedir clubes de escalar os jogadores nos cinco dias subsequentes à Data-Fifa

Lance
Três brasileiros atuam pelo Liverpool

Três brasileiros atuam pelo Liverpool

Lance

A polêmica Data-Fifa segue rendendo assunto para a CBF. Depois de não poder contar com onze jogadores convocados que atuam na Inglaterra, e no Zenit, da Rússia, por restrições da Covid-19, a entidade que cuida do futebol brasileiro entrou com um pedido na Fifa para que os clubes ingleses que tiveram jogadores convocados sejam punidos com base no Artigo 5 do Código Disciplinar da entidade, que prevê "suspensão de cinco dias após a Data-Fifa para equipes que não liberem seus jogadores".

A Fifa irá acatar o pedido, considerando que os clubes não cumpriram as determinações da entidade. Ou seja, desta maneira, Chelsea, Leeds United, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Zenit não poderiam contar com seus jogadores chamados pelo técnico Tite entre os dias 10 e 14 de setembro.



Os jogadores são: Thiago Silva (Chelsea); Raphinha (Leeds United); Alisson, Fabinho e Roberto Firmino (Liverpool); Ederson e Gabriel Jesus (Manchester City); e Fred (Manchester United). Claudinho e Malcom, do Zenit também estão na lista.

Chamado por Tite, Richarlison foi desconvocado pela CBF por conta da boa relação com o Everton, que liberou o atleta para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Assim, ele está liberado para jogar.

Caso as restrições não sejam cumpridas, as equipes podem sofrer sanções. Com base no Artigo 22 do Código Disciplinar, as punições incluem multa e perda da partida por W.O. (derrota por 3 a 0). Neste caso, não está definido o que pode acontecer com Leeds e Liverpool, que se enfrentam no domingo.

De acordo com a imprensa britânica, as equipes da Premier League ainda tentarão a liberação dos atletas, pois entendem que o motivo pelo qual não deixou que os jogadores viajassem foi por questões sanitárias.

Os clubes ingleses mais prejudicados são Chelsea e Manchester United, que ficarão sem seus jogadores também para a estreia da Champions League. A competição começa na próxima terça-feira (14), último dia da punição.

VEJA AS PARTIDAS QUE CADA CLUBE TERÁ DESFALQUE

Chelsea: contra o Aston Villa, no sábado (11), pela Premier League, e contra o Zenit-RUS, na terça-feira (14), pela Champions League;

Leeds United: contra o Liverpool, no domingo (12), pela Premier League;

Liverpool: contra o Leeds United, no domingo (12), pela Premier League;

Manchester City: contra o Leicester, no sábado (11), pela Premier League;

Manchester United: contra o Newcastle, no sábado (11), pela Premier League, e contra o Young Boys-SUI, na terça-feira (14), pela Champions League.

De Messi a Phelps: veja máximas do esporte nos últimos 30 anos

Últimas