Fifa adia início das Eliminatórias para Copa por causa do coronavírus

Torneio que dá vaga no Mundial do Catar, em 2022, teria início na América do Sul ainda no mês de março. Na Ásia, medida foi semelhante

Duelo entre Brasil e Peru não acontecerá no mês de março

Duelo entre Brasil e Peru não acontecerá no mês de março

Lance

Os dois primeiros jogos das Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022 serão suspensos. A informação, divulgada primeiramente pelo canal argentino “TyC Sports”, foi confirmada no período da noite.

Com isso, as partidas que seriam disputadas nos dias 26, 27 e 31 de março não irão acontecer. Ainda não há novas datas para a realização desses encontros.

A seleção brasileira iria receber e estrear contra a Bolívia no próximo dia 27 e viajaria para o Peru para enfrentar a equipe de Ricardo Gareca no dia 31. Diversos jogadores do Brasil que foram convocados atuam em países que estão em estado de emergência na Europa e este pode ter sido um dos motivos da preocupação.

A epidemia do coronavírus está alastrando o futebol mundial, mas principalmente o continente europeu em que jogam muitos atletas sul americanos. Além disso, os números de caso na América do Sul tem crescido em diversos países, como Brasil, Paraguai, Chile e diferentes medidas estão sendo adotados por cada um.

No Paraguai, por exemplo, todos os jogos no país serão realizados com portões fechados, inclusive em partidas da Libertadores como entre Olímpia e Defensa y Justicia que será jogada nesta quarta-feira. No Chile, o país determinou que qualquer pessoa, sem exceção, que viesse da Europa, passaria por um período de quarentena, o que impossibilitaria que jogadores como Vidal e Sánchez atuassem pela seleção.

Palmeiras é 8º time a chegar a 100 vitórias na Libertadores; veja líderes