Futebol Falta zagueiro? Veja os números e alternativas da defesa do Fluminense

Falta zagueiro? Veja os números e alternativas da defesa do Fluminense

Tricolor sondou o Internacional pelo zagueiro Rodrigo Moledo, mas as conversas não avançaram; Digão, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Nino são as opções atualmente

Lance
Lance

Lance

Lance

O Fluminense contratou 10 reforços para 2020, a maioria de atacantes. Um setor que pouco mudou foi a zaga e o clube corre atrás para mudar isso. No decorrer da última semana, o Tricolor sondou a situação de Rodrigo Moledo, do Internacional. A equipe gaúcha, porém, não quis abrir conversas e os valores eram acima do esperado. No elenco atual, o Flu tem Digão, Nino, Matheus Ferraz e Luccas Claro como alternativas.

Digão foi o único do setor a ser considerado uma novidade. Ele renovou com o Tricolor até o fim de 2022 após rescindir o vínculo com o Cruzeiro, clube ao qual pertencia. No entanto, o Fluminense esperava contar com pelo menos cinco jogadores para a posição. Frazan, formado na base, rompeu o ligamento anterior cruzado do joelho direito ainda em janeiro. A previsão de retorno é de seis a oito meses.

O único titular absoluto na posição é o jovem Nino. Aos 22 anos, ele assinou a permanência por mais três temporadas e foi o titular no Pré-Olímpico com a Seleção Brasileira. Depois que retornou da competição, disputou seis partidas, todas como titular, e marcou um dos gols contra o Moto Club, pela Copa do Brasil, e nas últimas três partidas fez dupla com Matheus Ferraz.

Quem disputa posição com ele é Luccas Claro, que chegou ao Fluminense ainda em 2019, em setembro, para compor elenco. A estreia aconteceu apenas dois meses depois, na reta final do Brasileirão. Em 2020, ele tem oito partidas, todas como titular, e três gols marcados, mas acabou perdendo a vaga.

Do outro lado, os experientes Digão e Matheus Ferraz fazem uma disputa acirrada na posição. O primeiro é formado em Xerém e depois de definir a situação contratual iniciou todos os 10 jogos que disputou até o momento. Já Ferraz teve uma grave lesão no joelho direito em 2019 e retornou após mais de seis meses fora. Antes, era o titular absoluto e tinha a confiança da comissão técnica, além do carinho da torcida. Foi titular em seis dos sete jogos disputados neste ano.

Com a recusa do Internacional por Rodrigo Moledo, o Fluminense pode olhar para as categorias de base em busca deste "quinto zagueiro". Luan, de 18 anos, e Higor, de 20, são atletas da posição que foram relacionados para jogos do time profissional desde o ano passado, mas não chegaram a entrar em campo. O volante Yuri também pode atuar no miolo de zaga, improvisado.

VEJA OS NÚMEROS DAS DUPLAS:

Nino e Matheus Ferraz
19 jogos
8 vitórias
3 empates
8 derrotas
22 gols sofridos

Nino e Luccas Claro
2 jogos
1 vitória
1 empate
2 gols sofridos

Nino e Digão
26 jogos
13 vitórias
7 empates
6 derrotas
23 gols sofridos

Luccas Claro e Digão
6 jogos
3 vitórias
2 empates
1 derrota
5 gols sofridos

Luccas Claro e Matheus Ferraz
2 jogos
2 vitórias
0 gols sofridos

Digão e Matheus Ferraz
​10 jogos
6 vitórias
2 empates
2 derrotas
4 gols sofridos

Últimas