Futebol 'Eu fico conversando demais com ele': Muricy fala de trabalho com Crespo

'Eu fico conversando demais com ele': Muricy fala de trabalho com Crespo

O atual coordenador do São Paulo comentou sua relação com o treinador argentino e o andamento dos trabalhos da nova comissão técnica do Tricolor

Lance
Lance

Lance

Lance

Surpreendido pelo ex-jogador Müller e a equipe do programa Gazeta Esportiva, da TV Gazeta, ao sair do CT da Barra Funda, nesta terça-feira (23), o coordenador de futebol do São Paulo, Muricy Ramalho, comentou sobre os próximos passos do clube. Ao falar sobre a nova comissão, o ex-treinador comentou sobre sua relação com Hernán Crespo e o modo como o argentino vem trabalhando neste início de projeto com o Tricolor.


Veja a situação do São Paulo na tabela e simule os resultados da última rodada!

Perguntado sobre contratações e sobre os planos do argentino, Muricy ressaltou que a situação econômica é difícil, mas que ele, como membro da diretoria, conversa bastante com Crespo para entender e definir o que pode ser feiro.

- Ele dá muita oportunidade para falar de futebol com ele mesmo. Ele pede pra mim. Em termos táticos, em termos de jogador, de futebol brasileiro, que eu conheço mais do que ele. Então essa que está sendo uma boa, eu converso com ele todos os dias. Hoje passei um tempão conversando com ele, ontem, em Cotia também - revelou.

Muricy fez questão de ressaltar que esse contato se deve ao interesse do treinador em conversar com ele. O coordenador afirmou que não busca interferir nas ações do argentino, mas que é ele quem vai até Muricy para discutir o que fazer com a equipe.

- Ele me dá oportunidade, porque, se o treinador não me dá oportunidade, eu não falo. Eu não procuro treinador e digo "faz isso, faz aquilo", isso não é problema meu, não é minha área.

Quanto ao seu papel no clube, o ex-treinador se colocou, mais uma vez, como um suporte e não um membro da equipe técnica de fato.

- O importante é que ele me dá abertura, porque eu, como já fui treinador, tenho que chegar com calma para o treinador, porque não é minha função mais. Minha função é ajudar o treinador, dar apoio - comentou.

Muricy revelou também estar feliz de ver Hernán Crespo motivado no comando da equipe, com vontade de vencer, segundo o coordenador.

- O mais legal dele, e isso ele mostrou já na videoconferência, é que ele está com fome. Ele é um cara que está no começo da carreira dele. Ele quer ganhar, ele está com muita vontade e é um cara preparado - afirmou.

Hernán Crespo deve estrear no comando do São Paulo no próximo domingo (28), às 20h30, no Morumbi, contra o Botafogo-SP, em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Paulista. O clube decidiu esperar o final da temporada para que o argentino começasse os trabalhos por causa de questões pessoais envolvendo a mudança de país.

O São Paulo, porém, ainda tem um jogo sob o comando do treinador interino Marcos Vizolli, nesta quinta-feira, às 21h30, no Morumbi, contra o Flamengo. No confronto que marca a última rodada do Brasileirão, o Tricolor precisa da vitória para se garantir no G4 sem depender de um deslize do Fluminense. Do outro lado, o rubro-negro busca os três pontos para se sagrar campeão.

Últimas