Tóquio 2020

Futebol Estado de emergência complica planejamento da seleção olímpica

Estado de emergência complica planejamento da seleção olímpica

Por conta das restrições no Japão, grupo terá que fazer preparação na Sérvia e só poderá treinar em Tóquio a partir do dia 17 de julho

Lance
Estado de emergência em Tóquio muda planejamento da seleção olímpica

Estado de emergência em Tóquio muda planejamento da seleção olímpica

Lucas Figueiredo/CBF

A preparação da seleção olímpica para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 terá uma mudança de rota. Em vez fazer as malas diretamente para o Japão, a delegação retornará à Sérvia, onde realizará a segunda etapa da última fase de preparação antes da disputa pela sonhada medalha de ouro. O Leste Europeu se tornou alternativa após o Japão ter declarado, na última quarta-feira (7), estado de emergência em Tóquio.

Com isto, a seleção não teria condições de fazer seus treinamentos no continente asiático entre os dias 11 e 16 de julho. A CBF foi comunicada pelo COB e o Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio que não seria mais viável realizar a agenda de treinamentos do Brasil no país que receberá a Olimpíada.

O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, decretou estado de emergência até 22 de agosto, no decorrer dos Jogos Olímpicos. Um dos motivos é a escalada da pandemia de covid-19, em especial de casos com a variante "Delta".

Diante deste panorama em solo nipônico, o novo planejamento para a seleção de André Jardine, a delegação olímpica embarcará para Belgrado neste domingo (11), às 17h, em voo fretado partindo do Aeroporto de Guarulhos. O grupo só está autorizado a treinar em Tóquio a partir do dia 17 de julho, dia no qual passará a utilizar os locais oficiais da competição.

No início de junho, a Seleção olímpica realizou amistosos na Sérvia. A equipe foi derrotada por 2 a 1 por Cabo Verde e derrotou a Sérvia por 3 a 0. Mais uma vez, o grupo ficará hospedado em Novi Sad, a cerca de 40 minutos de Belgrado. Seus treinamentos serão no estádio Karadorde, do FK Vojvodina.

Houve também uma mudança de rota na apresentação dos atletas que ainda estão para se juntar ao grupo comandado por André Jardine. Bruno Guimarães e Gabriel Martinelli se encontrarão na Sérvia com a delegação, assim como Douglas Luiz e Richarlison, que estão chegando ao final da disputa da Copa América com a Seleção principal.

Na programação está previsto um jogo preparatório no dia 15 de julho, o último antes da estreia contra a Alemanha nos Jogos de Tóquio, no dia 22 de julho. O embarque para Tóquio está previsto para o dia 17 de julho.

Veja os estádios que sediarão o futebol na Olimpíada de Tóquio

Últimas