Palmeiras no Mundial

Futebol Em busca do tetra, Bayern chega com força máxima para Mundial

Em busca do tetra, Bayern chega com força máxima para Mundial

Alemães ganharam tudo em 2020 e querem igualar Barcelona de 2009. Europeus entram com força total em busca do tetra mundial

Lance
Liderados por Lewandowski, Bayern leva a competição da Fifa a sério

Liderados por Lewandowski, Bayern leva a competição da Fifa a sério

Wolfgang Rattay/AFP

Campeão da Champions League, da Bundesliga, da Copa da Alemanha, da Supercopa da Alemanha e da Supercopa da Europa, o Bayern de Munique é o grande favorito para conquistar o Mundial de Clubes. Caso confirme o favoritismo, os bávaros levantarão sua sexta taça em menos de um ano.

Após encantar o mundo com um futebol extremamente ofensivo na última temporada, especialmente depois de Hansi Flick assumir o comando da equipe vermelha, o Bayern quer mostrar que ainda não perdeu o fôlego e é capaz de conquistar mais.

Na próxima segunda-feira, o time alemão estreia na semifinal da Copa do Mundo de Clubes contra o Al Ahly (EGI), que eliminou o Al Duhail (QAT), às 15h (de Brasília), em busca do tetracampeonato mundial. E visando mais um troféu, os bávaros prometem ir com tudo para levantar a taça.

Mas uma velha discussão se faz necessária: os europeus dão valor ao torneio da Fifa? No que depender do diretor executivo do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, a resposta é “sim”. Em entrevista para a “Bayern Magazine”, a revista oficial do clube, o dirigente e ídolo afirmou a vontade de vencer.

- Estamos indo para o Mundial de Clubes com o objetivo claro de trazê-lo de volta a Munique. Nossa equipe e Hansi Flick atribuem grande importância a este título - disse Rummenigge.

No outono europeu, logo após a conquista da Champions e com a incerteza da realização do torneio mundial em virtude da Covid-19, Rummenigge afirmou que o técnico Flick e os principais jogadores do elenco pediram uma postura do dirigente. Segundo ele, o desejo era que o CEO do Bayern se reunisse com a Fifa pedindo a realização da competição.

- Nosso treinador e os principais jogadores estavam sentados em meu escritório porque parecia que o Mundial seria cancelado. Eles me pediram para apoiar a Fifa para sediar o torneio, porque eles realmente queriam a chance histórica de ganhar o sexto título em alguns meses - disse o ex-jogador antes de completar:

- Seis troféus em um ano é algo que apenas o Barcelona conquistou (em 2009). A vontade deles foi crucial para a Fifa, e os organizadores do torneio foram capazes de apresentar um plano de higiene sensato. Agora estamos ansiosos pelo Mundial de Clubes.

Lewandowski após ser eleito o melhor jogador do mundo

Lewandowski após ser eleito o melhor jogador do mundo

Divulgação Bayern

Veja os motivos que levam o Bayenr a ser favorito no Mundial de Clubes

Força máxima
O técnico Hansi Flick não poupou atletas para a viagem ao Qatar. Na última segunda-feira, o Bayern divulgou os inscritos para a competição e a equipe terá força máxima na competição. Até mesmo jogadores que eram dúvida por conta da Covid-19, como Javi Martínez e Leon Goretzka, foram confirmados.

Melhor jogador do mundo
Não bastasse ter um grande elenco, o Bayern tem também ao seu dispor o melhor jogador do mundo. O polonês Robert Lewandowski, que marcou incríveis 55 gols em 47 partidas na última temporada, segue no auge. Até o momento, o camisa 9 disputou 25 partidas na época atual e balançou as redes 27 vezes. Artilheiro do Campeonato Alemão, Lewa segue com fome de gols e de títulos.

Chance de conquistar o sexto título em um ano
Como dito por Rummenigge, o Bayern quer coroar um ano irretocável e chegar ao sexto título dentro de alguns meses. Apenas o Barcelona, em 2009, teve uma trajetória tão vencedora. Goleiro e capitão da equipe, Manuel Neuer também falou sobre a vontade de levantar o troféu.

Bayern foi campeão mundial pela última vez em 2013

Bayern foi campeão mundial pela última vez em 2013

AFP

 Momento da equipe

O Bayern lidera o Campeonato Alemão com certa folga. Em 19 partidas disputadas, os bávaros têm 45 pontos, com 14 vitórias, três empates e apenas duas derrotas. Para efeito de comparação, nesta mesma altura da Bundesliga na temporada passada, já sob o comando de Hansi Flick, o Bayern era vice-líder, com 39 pontos, a um do então líder, o RB Leipzig.

Empatar com o Milan
O Bayern de Munique vai em busca do tetracampeonato mundial, somando a competição da Fifa e o torneio intercontinental, que é reconhecido pela entidade. Os bávaros foram campeões do mundo em 1976, 2001 e 2013. Caso conquiste o torneio, o Bayern assumirá o posto de segunda equipe com mais títulos da competição ao lado do Milan, que tem quatro. Neste momento, o clube está empatado com São Paulo, Inter de Milão, Barcelona, Peñarol e Boca Juniors. Maior campeão, o Real Madrid tem sete conquistas.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Maradona era dopado para não ver orgias, diz suposto áudio de Luque

Últimas