Futebol Em busca de primeira vitória no Brasileirão, São Paulo recebe a Chapecoense no Morumbi

Em busca de primeira vitória no Brasileirão, São Paulo recebe a Chapecoense no Morumbi

Tricolor iniciou o campeonato com um empate e duas derrotas, um baixo aproveitamento nas primeira três rodadas. Contra a Chape, o time espera vencer e voltar à sua boa fase

Lance
Lance

Lance

Lance

Nesta quarta-feira (16), o São Paulo recebe a Chapecoense no Morumbi, às 19h, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Após começar a competição acumulando resultados ruins, a equipe entra em campo em busca de sua primeira vitória no torneio, o que pode significar uma retomada na boa fase que o clube vivia antes da competição.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

O Tricolor vem de um ótimo Campeonato Paulista. Em campanha incontestável, com apenas uma derrota, o time foi campeão do estadual, dando adeus ao jejum de mais de oito anos sem taças e chegando no Brasileirão como um dos favoritos ao título.

Entretanto, o início de sua campanha no campeonato nacional não foi nada satisfatório. O time estreou com um empate em 0 a 0 contra o Fluminense, no Morumbi e perdeu as duas partidas seguintes, contra o Atlético Goianiense, por 2 a 0, fora de casa, e contra o Atlético Mineiro, por 1 a 0 e também fora de casa.

Diante de um adversário cujo aproveitamento após as primeira três rodadas é idêntico, o São Paulo espera conquistar sua primeira vitória na competição. A Chapecoense também somou apenas um pontos neste início de campeonato e os dois times tem aproveitamento de 11,1% na competição. As pretensões da Chape, porém, são outras. Vinda da Série B, a equipe catarinense tem como objetivo continuar na elite do futebol brasileiro.

Jogando em casa contra um adversário com menor investimento, o Tricolor espera enfim vencer no Brasileirão e começar a retomada, deixando o começo conturbado para trás.

O que pode ser um dificultador nos planos do São Paulo, porém, são as lesões, que atrapalharam muito o rendimento do time na última partida e, agora, são ainda mais preocupantes.

O time já não contava com Luan, Daniel Alves e Benítez, por lesões e Arboleda por sua convocação pela seleção equatoriana para a Copa América. Agora, o time deve lidar com a ausência de seu principal defensor e capitão, Miranda, que deixou o campo contundido contra o Atlético Mineiro e teve diagnosticado um estiramento no músculo da coxa esquerda.

Assim, Crespo deverá encontrar soluções dentro do elenco para minimizar o impacto dos desfalques e sair com a vitória diante da Chapecoense.

Últimas