Elogiado por jogadores do São Paulo, Diniz diz: ‘É a opinião que importa’

Classificado por Volpi como melhor técnico de sua carreira, ele tem recebido elogios desde que chegou ao Tricolor. Vitória sobre Vasco ameniza pressão

Fernando Diniz durante a vitória do São Paulo sobre o Vasco

Fernando Diniz durante a vitória do São Paulo sobre o Vasco

Rubens Chiri / saopaulofc.net

Os jogadores do São Paulo não poupam elogios quando questionados sobre Fernando Diniz. Na última quarta-feira, naquela que talvez tenha sido a manifestação mais firme a favor dele, Tiago Volpi o classificou como o melhor treinador de sua carreira. Depois da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, que amenizou a pressão gerada por quatro partidas sem vitórias, o comandante são-paulino falou sobre o assunto.

Veja mais: Em 2020, Palmeiras e São Paulo se acorrentam a Mano e a Diniz

- Recebo com muita alegria. Já falei várias vezes e vou repetir: meu trabalho é muito direcionado para os jogadores, para fazer o melhor para os jogadores, para eles poderem crescer como atletas e como indivíduos. Acho que é a melhor forma deles retribuírem para quem de fato faz o futebol acontecer, que é o torcedor. Meu foco é o jogador - disse Diniz.

- Eu gosto dos jogadores, mas gosto de verdade. Gosto que eles consigam se desenvolver. E a análise do jogador, para mim, é a mais saudável que tem no mundo do futebol. Quem está fora e nunca trabalhou comigo não sabe absolutamente nada do meu trabalho e nem quem eu sou. Os jogadores sabem do meu trabalho e sabem quem eu sou, então de fato o que mais importa para mim é a opinião dos jogadores. Se eles estão achando que o negócio está legal, estão gostando, é porque o caminho está sendo percorrido de uma maneira muito positiva.

A ótima aceitação do elenco é um dos fatores que fortalecem Diniz no São Paulo. No momento, apesar de ter números medianos, ele é o nome da diretoria do clube para 2020. O contrato dele, no entanto, pode ser quebrado a qualquer momento sem uma multa robusta, já que não tem prazo de validade e é calcado nas normas CLT.

Veja mais: Sevandijas, Boi do Piauí… Relembre protestos inusitados no futebol

Sexto colocado, o São Paulo caminha para garantir uma vaga direta na fase de grupos da próxima Libertadores. Tem quatro pontos a mais que o Corinthians, seu perseguidor mais próximo, e terá a chance de ganhar uma posição no domingo, quando enfrenta o Grêmio, quarto colocado com dois pontos a mais, em Porto Alegre, às 20h30.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

'Dança das cadeiras': Adílson Batista é 20º técnico a cair no Brasileirão