Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Duílio assume culpa por eliminação do Corinthians na Sul-Americana e fala em mau planejamento

Presidente do Timão reconhece que as constantes trocas de técnicos atrapalharam o clube em 2023

Futebol|Do R7


Lance
Duílio encerra seu mandato em dezembro de 2023 (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

Presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves abraçou a responsabilidade pela eliminação da equipe alvinegra na Sul-Americana e pela temporada que terminará sem títulos.

+ Garanta a sua vaga no curso que formou craques como Pet, Dante e Léo Moura! Cupom: LANCE1000

O mandatário da equipe alvinegra reforçou que a grande missão dele foi estruturar a parte administrativa do Timão, mas admitiu erros na gestão do futebol, sendo a principal delas as trocas constantes de treinadores. Nesta temporada, por exemplo, o clube teve quatro técnicos: Fernando Lázaro, Cuca, Vanderlei Luxemburgo e Mano Menezes, o último no comando a menos de uma semana.

– É muito claro o que está sendo feito na gestão, na parte administrativa. Hoje o torcedor está chateado, não é hora de falar sobre isso. O Torcedor está chateado. No futebol, não tomamos as melhores decisões. Ao contrário, não teríamos vários treinadores, que é o grande motivo da gente não se classificar. Agora é trabalhar. Que o próximo presidente tenha decisões melhores lá na frente, mas vai pegar um clube melhor estruturado – destacou Duílio.

Publicidade

O presidente corintiano também explicou a troca de comando entre as semifinais da Sul-Americana. Demitindo Luxa no dia seguinte ao empate no jogo de ida, em São Paulo, e contratando Mano menos de 24 horas depois.

Segundo Duílio, já existia a definição de que Vanderlei não seguiria no Corinthians em 2024, até mesmo pelos candidatos à presidência nos próximos três anos. E que a contratação de Menezes foi, ao mesmo tempo, pensando no presente e no futuro.

Publicidade

– O que a gente tinha era uma opção a fazer sabendo que a continuidade do Vanderlei não existiria, até pelos candidatos, e pelo que ocorreu pelo primeiro jogo entendemos que era melhor fazer uma troca. Momento de pensar no futuro, mas que fizesse algum efeito no tempo de trabalho. A gente acreditava muito nessa classificação, que não conseguimos - pontuou o mandatário do time alvinegro.

+ Renove o seu estoque de camisas do Timão com o cupom LANCEFUT 10% OFF

Além de não ter conquistado título algum nesta temporada, o Corinthians aumenta um período de jejum que durou toda a gestão de Duílio, que assumiu no início de 2020. A última conquista corintiana foi o Paulistão de 2019, quando Andrés Sanchez era o presidente. O último mandatário do clube alvinegro que terminou a sua passagem sem levantar um caneco sequer foi Roberto Pasqua, entre 1985 e 1987.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.