Futebol Divergência contratual se mantém e coloca em xeque renovação de Arrascaeta com o Flamengo

Divergência contratual se mantém e coloca em xeque renovação de Arrascaeta com o Flamengo

Rubro-Negro deseja prolongar vínculo com o meia uruguaio até 2025 e aceita dar reajuste salarial. Empresário do atleta, no entanto, pede que clube compre percentual do Defensor

Lance
Lance

Lance

Lance

As conversas entre Flamengo e Arrascaeta pela renovação contratual ganharam novos capítulos nesta semana, mas ainda estão longe de um final feliz. As partes definiram a duração do novo vínculo (até o fim de 2025) e debateram um reajuste salarial, que é considerado justo pela diretoria. A divergência é a mesma de meses atrás: a compra dos 25% dos direitos econômicos que pertencem ao Defensor Sporting, do Uruguai.

+ Bordeaux demonstra interesse em zagueiro do Flamengo

A informação sobre o imbróglio foi divulgada inicialmente pelo portal "ge". De um lado, Arrascaeta e o empresário Daniel Fonseca consideram que o acerto entre as partes está condicionado à compra dos direitos. Do outro, o Flamengo diz não ter obrigação de realizá-la nem condições de investir mais 5 milhões de euros pelo meia.

Vale lembrar que, no contrato inicial com Arrascaeta, o Flamengo aceitou comprar os 25% do Defensor caso o meia atingisse a marca de 4 mil minutos nas duas primeiras temporadas - o que não aconteceu.

Essa divergência esteve presente em todas as reuniões sobre uma possível renovação, desde o início de 2021. Em abril, inclusive, o problema tirou o craque uruguaio do clássico contra o Vasco, pela Taça Guanabara.

+ Fla joga no domingo! Confira a tabela completa do Brasileiro

Sem reuniões marcadas paras os próximos dias, a diretoria do Flamengo tenta manter o relacionamento com o staff do atleta inabalado. O clube é irredutível na postura de não comprar os 25%, mas aceita debater a aquisição de parte deste montante. O vínculo atual de Arrascaeta é até o fim de 2023.

Últimas