Diniz vê Pato 'diferente': 'Ele quer que as coisas aconteçam neste ano'

Camisa 7 entrou no segundo tempo da vitória do São Paulo sobre Água Santa e agradou treinador, que também falou sobre Arboleda, vaiado pela torcida

Alexandre Pato começou a temporada no banco de reservas do São Paulo

Alexandre Pato começou a temporada no banco de reservas do São Paulo

Diego Vara/Reuters

O São Paulo dominou o Água Santa do início ao fim no Morumbi, na noite desta quarta-feira, e o placar de 2 a 0 foi até pouco se for considerada a quantidade grande de oportunidades que a equipe tricolor criou à base do toque de bola envolvente. Ainda no Morumbi, o técnico Fernando Diniz comentou o desempenho de seus comandados nesta primeira rodada do Paulista. Ele elogiou Alexandre Pato, apesar de o atacante ter entrado no segundo tempo e não ter feito gols.

"Eu acho que o Pato entrou muito bem no aspecto físico, de entrega, que é o que o torcedor espera. Faltou pouco para ele realizar grandes jogadas. Na parte técnico, ele é um jogador extremamente qualificado. Foi outro cara que voltou diferente, está com muito desejo que as coisas aconteçam neste ano. É uma coisa que ele já falou algumas vezes, mas não vejo que ele tem dificuldade para jogar ali. Ele não é um nove fixo. Um jogador perigoso, com a técnica que ele possui, tem que ficar próximo ao gol", disse Diniz, que ainda analisou a equipe:

"O time agradou, principalmente no primeiro tempo. Cometemos alguns equívocos que precisamos corrigir. A gente já tinha começado esse trabalho ano passado, e deu para dar uma aprofundada em alguns temas que deu para ver hoje, principalmente no segundo gol (de Daniel Alves, em ótima trama). Foi um lance de repetição, repetição, repetição, e acabou saindo um gol muito daquilo que trabalhamos insistentemente em Cotia", continuou o treinador.

Diniz ainda comentou sobre a situação do zagueiro Arboleda. Devido ao fato de ter aparecido usando camisa do Palmeiras em uma foto durante as férias, o zagueiro equatoriano ouviu vaias oriundas de uma torcida organizada enquanto a bola não estava rolando. Com o jogo em andamento, esta organizada incentivou o jogador.

"O que a gente espera é que todos voltem a aplaudir o Arboleda. Ele sabe que errou. Ele vai recuperar isso jogando e mostrando que é um cara muito entregue ao São Paulo. Ele começou hoje, fez uma boa partida. Na sequência do campeonato, acredito que ele vai mostrar o quanto gosta do clube. É outro cara que fez uma grande pré-temporada", afirmou o técnico.

Pela segunda rodada do Estadual, no próximo domingo, às 16 horas, o Tricolor enfrentará o Palmeiras no Estádio da Fonte Luminosa. O Verdão, que é o mandante, levou o clássico para Araraquara porque o Allianz Parque está em obra de implantação do gramado sintético.

"O clássico sempre envolve ingredientes diferentes, mexe com o calor do torcedor. Sabemos que é um grande adversário, com um grande técnico (Vanderlei Luxemburgo). A gente tem que preparar bem o time para fazer uma boa partida em Araraquara", finalizou Fernando Diniz.

Sonho realizado! Lembre atletas que jogaram no time do coração