Futebol Diniz diz que 'ninguém sabe o que aconteceu com Hernanes'

Diniz diz que 'ninguém sabe o que aconteceu com Hernanes'

Técnico do São Paulo colocou jogador no intervalo da vitória contra Athletico-PR no Morumbi. Daniel Alves foi para hospital fazer exame no braço

Lance
Fernando Diniz se mostrou preocupado com lesão de Daniel Alves

Fernando Diniz se mostrou preocupado com lesão de Daniel Alves

Lance

A vitória por 1 a 0 do São Paulo sobre o Athletico-PR marcou o retorno de Hernanes à equipe. Após sofrer com uma lombalgia, o jogador ficou no banco contra Bahia e Sport e só entrou no intervalo do jogo desta quarta. Ele não jogava desde a derrota para o Mirassol no Campeonato Paulista.

Segundo Fernando Diniz, ninguém sabe exatamente o que aconteceu com o jogador de 35 anos neste período. O técnico mostrou incômodo pelos comentários de que a relação entre eles não estaria boa.



"Fiquei muito contente com a volta do Hernanes. Fez um bom jogo. Tivemos uma conversa meio decisiva uns dias para trás. Mas o Hernanes tem muito assunto interno. As pessoas especulam e especulam muito mal, têm muito pouca informação, acabam produzindo maldade e injustiça de maneira cavalar porque não sabem absolutamente nada do que aconteceu com ele. As pessoas criam discórdia, intriga", disse Diniz. "O Hernanes, em um momento oportuno, vai conseguir responder o que aconteceu com ele. O mais importante foi que ele conseguiu voltar e está feliz. Ele é a maior referência junto com o Daniel do nosso time."

O comandante são-paulino já começou a projetar o clássico contra o Corinthians, às 11h de domingo, novamente no Morumbi. Disse que ainda não sabe se vai escalar Léo como lateral-esquerdo na vaga do suspenso Reinaldo ou se vai mantê-lo na zaga, onde foi bem nos últimos dois jogos. E ainda mostrou preocupação com Daniel Alves, que levou um chute no braço direito e foi a um hospital para ser examinado. Luciano, que deixou o campo com um incômodo muscular, preocupa menos.

"A gente vai ver quem vai ter condição. A única ausência confirmada é a do Reinaldo, que fez dois grandes jogos, na Ilha do Retiro e hoje. Muito concentrado, gostaríamos de contar com ele no clássico. O Daniel a gente vai ter que esperar o resultado dos exames. O Luciano, aparentemente, não foi nada grave. O que mais me preocupa neste momento é o Daniel. A gente sabe o que ele representa para o São Paulo, foi uma contratação de ouro. Sempre se posiciona pelo time, dá a cara a tapa, dá exemplo nos treinamentos. Quem não conhece o Daniel de perto não consegue mensurar o quanto ele é importante", disse.

Veja outras respostas de Diniz:

Melhora no segundo tempo com Boia e Hernanes
O time melhorou no segundo tempo, é difícil precisar porque melhorou, porque a gente fez algumas observações táticas. Acho que melhoraria se a gente voltasse com os mesmos jogadores, mas o Hernanes e o Boia entraram muito bem.

Léo segue na zaga?
O Léo, de fato, está entregando aquilo que eu esperava como zagueiro, jogou bem as duas partidas. E é lateral, é uma coisa para pensar para o clássico, estou pensando desde que o Reinaldo tomou o amarelo.

Protesto de torcedores antes do jogo
A torcida tem toda a minha entrega. Se você perguntar para as pessoas do clube, vai ver que trabalho mais ainda nos momentos difíceis. A torcida merece ganhar jogo e levantar taça. O único que tem razão no São Paulo pós-pandemia é o torcedor. Quanto a voto de confiança, isso foi para hoje. Tem que entregar mais domingo, mais na quarta. Hoje foi bom para hoje. A gente tem que tentar melhorar para domingo fazer um jogo ainda melhor. Crédito com a torcida a gente tem quando ganha jogo e, principalmente, campeonato.

Derrota para o Mirassol já cicatrizou?
A derrota para o Mirassol tem que doer muito. Já falei mais de uma vez que o torcedor tem razão. Não tendo violência, está tudo certo. A gente perdeu porque a gente se apresentou de uma maneira como não deveria contra o Mirassol, e isso é motivo de insatisfação em um clube contra o São Paulo. Não temos que reclamar nada do torcedor, absolutamente nada. Esse torcedor é o mesmo que fez uma grande festa contra a LDU. Quando o time entrega, ele sabe respeitar. Quando não entrega, ele cobra.

Possível saída de Messi do Barcelona enlouquece torcedores nas redes

Últimas