Futebol De olho em possível rescisão na China, Flamengo monitora situação de Renato Augusto

De olho em possível rescisão na China, Flamengo monitora situação de Renato Augusto

Com cinco meses de salários atrasados e sem jogar, meia tem contrato com o Bejing Gouan até dezembro deste ano. Em caso de litígio, ele dará prioridade ao Rubro-Negro

Lance
Lance

Lance

Lance

Até o momento não há nenhuma negociação, mas o Flamengo tem interesse em repatriar Renato Augusto ainda nesta temporada. Enquanto o meia tem futuro indefinido no Beijing Gouan, da China, a diretoria rubro-negra monitora atentamente a situação e aguarda uma definição antes de se movimentar. A informação foi divulgada inicialmente pelo site "ge".

+ De olho no sucessor: veja 15 jogadores que o Flamengo poderia tentar para o lugar de Gerson

O cenário não é simples: Renato Augusto tem cinco meses de salários atrasados e não pode entrar na China desde o início do ano por questões sanitárias. Sem previsão de retorno, ele mantém a forma no Rio de Janeiro enquanto aguarda uma definição. O contrato atual acaba em dezembro deste ano, mas existe uma cláusula de renovação automática por mais dois anos se for de interesse do Beijing.

O clube chinês, no entanto, ainda não manifestou o desejo de exercer essa renovação e, a partir desta quinta-feira, o volante está livre para assinar pré-contrato com qualquer clube. Diante dessa situação, Renato Augusto conversa com seus empresários alternativas para um litígio sem abrir mão do que tem a receber desde fevereiro. Uma ação na Fifa não está descartada.

+ Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

À espera da definição, o Flamengo já deixou claro para o atleta que as portas estão abertas. Renato Augusto, da mesma forma, também revelou que o retorno ao Rubro-Negro está nos seus planos. Resta esperar os próximos capítulos da história.

Últimas