Campeonato Brasileiro

Futebol Com gol histórico, Fortaleza e Goiás ficam no empate no Castelão

Com gol histórico, Fortaleza e Goiás ficam no empate no Castelão

Resultado não foi bom para nenhum dos lados. Tricolor deixa de subir posições enquanto Esmeraldino continua sem vencer como visitante

Lance
Wellington Paulista tirou selfie com companheiros para comemorar gol

Wellington Paulista tirou selfie com companheiros para comemorar gol

Lance

Pela 23ª Rodada do Campeonato Brasileiro, Fortaleza e Goiás jogaram na Arena Castelão e empataram por 1 a 1 em noite onde os centroavantes Fernandão e Wellington Paulista foram determinantes para a movimentação do marcador. Entretanto, na tabela, a igualdade não foi boa para nenhuma das equipes, já que, enquanto o Fortaleza foi para o nono lugar, com 29 pontos, os goianos têm 16, na última posição do Brasileirão.

Chegou e marcou
O Fortaleza tinha a bola nos pés e havia conseguido uma finalização interessante. Por outro lado, postado justamente para aproveitar as linhas mais altas do adversário e encaixar seus lances ofensivos na base do contra-ataque, o Esmeraldino achou sua oportunidade. Miguel Figueira carregou bem a bola e conseguiu o passe preciso para Fernandão. O centroavante recebeu com liberdade e, cara a cara com Felipe Alves, bateu de chapa no canto esquerdo do arqueiro para balançar as redes na Arena Castelão.

Cresceu a pressão
Já na reta final da primeira etapa, o Leão do Pici passou a ter mais precisão na sua movimentação ofensiva, principalmente nas subidas de Tinga. Em duas jogadas ainda na etapa inicial, David perdeu oportunidades impressionantes. No início do segundo tempo, ele mesmo perdeu ótima chance, em defesa rasteira espetacular de Tadeu.

100 vezes Wellington Paulista
De tanto circular a bola no ataque, foi pela esquerda que o Tricolor encontrou seu tão perseguido gol, vindo dos pés do artilheiro da equipe na temporada, Wellington Paulista. Após bola enfiada em profundidade para Bruno Melo, o lateral cruzou à meia altura e WP9 fez o que dele se espera: tocou pras redes e marcou o seu 100° gol na história do Campeonato Brasileiro, algo que o colocou como o quarto maior artilheiro da história da competição desde que é disputada em pontos corridos.

Insistiu, mas não conseguiu
Especialmente nos minutos finais, o Fortaleza acelerou o passo e tentou forçar a busca do gol da vitória, mas não houve precisão suficiente em concluir as jogadas e o placar permaneceu em 1 a 1.

​FORTALEZA 1 x 1 GOIÁS

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data e hora: 26/11/2020 - 20h
​Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
​Cartões amarelos: Jackson, João Paulo (FOR)
Gols: Fernandão (23'/1°T), Wellington Paulista (15'/2°T)
FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Wanderson, Jackson e Bruno Melo (Carlinhos, aos 35'/2°T); Juninho e Felipe; Romarinho (João Paulo, aos 35'/2°T), Osvaldo (Yuri César, no intervalo) e David; Wellington Paulista (Bergson, aos 28'/2°T). Técnico: Marcelo Chamusca.
GOIÁS: Tadeu; Taylon, David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson; Breno, Ariel Cabral (Daniel Oliveira, aos 31'/2°T) e Shaylon; Miguel Figueira (Pedro Marinho, aos 19'/2°T), Fernandão (João Marcos, aos 31'/2°T) e Keko (Henrique Lordelo, aos 10'/2°T). Técnico: Glauber Ramos.

Multidão de fãs e tumulto com polícia marcam adeus a Maradona

Últimas