Futebol Com 'aula' do Flamengo diante do Palmeiras de Abel, Renato Gaúcho põe fim a dois tabus particulares

Com 'aula' do Flamengo diante do Palmeiras de Abel, Renato Gaúcho põe fim a dois tabus particulares

Antes de chegar ao Flamengo, Renato Gaúcho vivia sequências indigestas diante do Palmeiras e de colegas treinadores de Portugal, como o próprio Abel Ferreira e Jorge Jesus

Lance
Lance

Lance

Lance

O Flamengo foi ao Allianz Parque, venceu o Palmeiras neste domingo e, mais uma vez, convenceu. A boa atuação em São Paulo, superando os desfalques, rendeu elogios de Renato Gaúcho. A vitória por 3 a 1 serviu para o treinador encerrar dois tabus particulares: superou o rival e um comandante português.

Vindo do Grêmio, Renato chegou ao Flamengo em uma sequência de quatro jogos sem vencer o Palmeiras: duas derrotas e dois empates diante do rival entre 2020 e 2021. O último resultado positivo havia sido em novembro de 2019, quando o Tricolor Gaúcho venceu o Alviverde por 2 a 1, no Allianz Parque.

Por outro lado, a vitória no comando do Flamengo pôs ponto final a uma série de nove resultados ruins diante de técnicos adversários portugueses. Entre agosto de 2019 e abril de 2021, o Grêmio de Renato perdeu três jogos e empatou um em quatros jogos contra o próprio Rubro-Negro de Jorge Jesus.

Neste mesmo período, foram mais três confrontos com o Palmeiras de Abel Ferreira, que venceu duas vezes e empatou uma partida com o Grêmio. Por fim, Renato Gaúcho também dirigiu o Grêmio nos duelos com o Independiente Del Valle de Renato Paiva, que venceu os dois encontros pela Libertadores.

Últimas