Futebol Coelho pede Corinthians ligado no início, mas elogia: 'Tomamos conta do jogo'

Coelho pede Corinthians ligado no início, mas elogia: 'Tomamos conta do jogo'

Em entrevista coletiva após empate em 1 a 1 contra o Santos, técnico interino do Timão entende que equipe dominou partida após gol no começo

Lance
Coelho acredita que Corinthians foi melhor que o Santos no clássico

Coelho acredita que Corinthians foi melhor que o Santos no clássico

Lance

Se parte da torcida do Corinthians não ficou satisfeita com o empate em 1 a 1 com o Santos, jogadores e comissão técnica se mostraram contentes com a evolução que o time mostrou após levar o gol. Segundo Dyego Coelho, sua equipe teve o domínio da partida, mas precisa ajustar alguns pontos, como a falta de concentração que vem tendo nos primeiros minutos dos duelos.

Em entrevista coletiva virtual após o clássico na Neo Química Arena, nesta quarta-feira, Coelho analisou a melhora corintiana depois de sofrer o tento de Madson. O treinador contou o que mudou no esquema para conseguir tomar conta do jogo e atentou para a necessidade de entrar em campo mais ligado.

"Nos dez primeiros minutos, até a gente tomar o gol, realmente estávamos muito mal, mas depois tomamos conta do jogo. Mudamos para um 4-3-3, eu trouxe o Mantuan para jogar de meia, junto do Roni e Gabriel. O Santos não conseguiu mais jogar como jogou no 4-4-2. O que falei aos jogadores é que temos que entrar melhor nos jogos para não ficar sofrendo por 10 ou 15 minutos. Depois do gol, tomamos conta do jogo.

A questão de o time entrar ligado foi repetida em outras falas de Coelho durante a coletiva, como amostra do que ele acredita que realmente precisa ser ajustado. Mesmo assim, ele elogiou a equipe pelo entendimento de jogo demonstrado no segundo tempo diante de um adversário forte como Santos, em um clássico estadual. Para o treinador, é isso que precisa ser feito.

"Os jogadores estão tendo o entendimento do trabalho, tanto que melhoram no segundo tempo. É fazer com que a bola entre. Volume de jogo e chances nós tivemos. Parecia até que não tínhamos levado gol, fomos para cima do Santos. O gol veio e continuamos jogando. Não interessa que não veio fulano ou beltrano, era o Santos, uma grande equipe. Um clássico e colocamos volume, chutamos em gol, fomos agressivos. É o que temos de seguir fazendo."

No próximo domingo, às 20h30, o Corinthians volta a campo para enfrentar o Ceará, fora de casa, pela 15ª rodada do Brasileirão-2020. Será mais uma oportunidade para o time voltar a vencer e se afastar da zona da degola.

Quem é Fernando? Jogador está no centro da prisão de amigo na Rússia

Últimas