Chefe da Premier League pode travar compra de Newcastle por causa do assassinato de um jornalista

Segundo a BBC, Richard Masters cogita interromper o negócio após pedido de Hatice Cengiz, esposa de Jamal Khashoggi, morto no consulado de Istambul por agentes sauditas

Lance

Lance

Lance

O presidente da Premier League, Richard Masters, cogita travar a compra do Newcastle United por causa do assassinato de um jornalista na Arábia Saudita. Ele afirmou que pode levar em consideração o pedido de Hatice Cengiz, esposa do comunicador, Jamal Khashoggi, morto no consulado de Istambul por agentes sauditas.

Cengiz escreveu à liga pedindo para interromper a compra do Newcastle por um consórcio envolvendo o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman. em um negócio de mais de 300 milhões de libras. Segundo o canal britânico BBC, Masters garantiu a Cengiz que a entidade está levando suas palavras em consideração

Atualmente, o Newcastle está nas mãos do empresário Mike Ashley, que aguarda a posição de associações como a Anistia Internacional, com uma investigação sobre os registros da Arábia Saudita antes de dar o aval à operação. Por fim, as emissoras de televisão como a 'Bein Sport' também pediram um congelamento desta compra em virtude dos últimos acontecimentos no país árabe.