Futebol Ceni celebra vantagem na semifinal, mas lamenta desfalque de Gerson na Libertadores: 'Difícil de substituir'

Ceni celebra vantagem na semifinal, mas lamenta desfalque de Gerson na Libertadores: 'Difícil de substituir'

Treinador também exalta participação de Pedro, autor dos três gols sobre o Volta Redonda: 'Considero ele titular'

Lance
Lance

Lance

Lance

A vitória por 3 a 0 do Flamengo, nesta noite de sábado, sobre o Volta Redonda, deixou o time de Rogério Ceni com um pé na final do Carioca. Após a partida, o treinador concedeu entrevista coletiva e exaltou o desempenho da equipe alternativa, destacando a estratégia adotada pelo clube no início da temporada.

+ ATUAÇÕES: Trio ofensivo aproveita chance como titular e comanda vitória do Flamengo sobre o Volta Redonda

- Importante porque nós temos a Libertadores intercalada com o Carioca. Não decide a vaga, mas é um bom indício para conseguir chegar na final. Eu acho que isso é fruto do que a gente começou o ano, fazendo a pré-temporada com alguns jogadores, usando a base nos primeiros jogos e inserindo alguns jogadores que tiveram menos minutos no ano passado. Essa rotatividade e esse planejamento vão deixando os jogadores com desejo de jogar e aumentando a forma física.

Outro tema na coletiva foi a situação de Gerson, que teve constada uma lesão na coxa esquerda e desfalcou o Flamengo contra o Volta Redonda. O volante iniciou tratamento neste sábado, mas o treinador confirmou que ele será baixa novamente diante da LDU, na próxima terça-feira.

- Gerson teve um edema na posterior da coxa. Pra essa partida (LDU) ele não vai estar presente com a gente, mas é uma lesão leve. Acredito que em breve ele possa estar com a gente de novo. É um jogador difícil de substituir, mas temos jogadores que trabalharam hoje. Vamos achar uma maneira para que alguém possa fazer uma função necessária e a gente faça um bom jogo.

O Flamengo viaja neste domingo para Quito, onde enfrenta a LDU na próxima terça-feira. No próximo sábado, o Rubro-Negro volta a enfrentar o Volta Redonda, pela volta da semifinal do Carioca. A equipe pode até perder por três gols de diferença para avançar à final do Estadual.

Confira outras respostas de Rogério Ceni na coletiva:

STATUS DE PEDRO NO ELENCO

Pedro, para mim, é titular. Aquele futebol dos 11 que jogam todos os jogos acabou faz tempo. Numa temporada de 70, 75 jogos, o Pedro é titular. Nos últimos três jogos, ele jogou 90 minutos em dois. Considero o Pedro, não pelos gols de hoje, mas pelo talento que tem, titular Os três gols reforçam essa pergunta, mas considero o Pedro como um jogador titular e importantíssimo para o Flamengo.

Últimas