Futebol Cássio inicia tratamento e segue como dúvida no Corinthians

Cássio inicia tratamento e segue como dúvida no Corinthians

Goleiro realiza tratamento por conta de dores no quadril e é dúvida para o jogo contra o Colo-Colo, pela volta das oitavas de final da Libertadores

Cássio tem lesão e não sabe se joga

Cássio foi substituído na partida contra o Paraná após cair e sentir dores

Cássio foi substituído na partida contra o Paraná após cair e sentir dores

Reprodução/Lance

O goleiro Cássio iniciou na manhã desta segunda-feira o tratamento de dores no quadril. Ele é dúvida no Corinthians para o jogo contra o Colo-Colo (CHI), nesta quarta-feira, às 21h45, pela volta das oitavas de final da Libertadores da América.

Cosme: A paz no Corinthians está na desgraça do Palmeiras

Cássio fará tratamento em dois períodos no CT Joaquim Grava. O goleiro sofreu uma pancada no quadril no último sábado, ainda no primeiro tempo da partida contra o Paraná, ao cair para o lado esquerdo para fazer uma defesa. Caso não tenha condições de atuar contra o Colo-Colo, ele será substituído por Walter.

Quem também ficou no departamento médico nesta segunda-feira é Jonathas, que trata uma lesão na coxa esquerda e é desfalque. O centroavante já havia ficado fora do jogo contra o Paraná.

Ralf e Jadson realizaram trabalhos regenerativos no CT Joaquim Grava. O restante do elenco foi a campo e realizou atividades em espaço reduzido. Os jogadores que foram titulares no sábado deixaram o treino mais cedo.

Veja também: Com promessa de mega premiação, Corinthians já mira Liberta-2019

O Corinthians volta a treinar na tarde desta terça-feira. Em relação à equipe de sábado, Cássio é dúvida e Romero deve voltar no lugar de Roger após cumprir suspensão.

Ou seja, o provável time para o jogo contra o Colo-Colo tem: Cássio (Walter), Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jadson, Romero e Clayson.

O volante Gabriel é desfalque por ter sido expulso no jogo de ida, quando o Corinthians perdeu por 1 a 0. O Timão precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar sem necessidade de pênaltis. Na Libertadores há gol qualificado, então uma vitória por 2 a 1, por exemplo, eliminaria a equipe brasileira.

É decisão! Saiba como é um dia de final no futebol de várzea em SP