Futebol Carille avalia opções para variações de jogadas no Timão

Carille avalia opções para variações de jogadas no Timão

Treinador reconhece carência de atletas que façam a criação de jogadas de linha de fundo do Corinthians e que escalação de Vagner Love atrás do centroavante precisa de ajuste 

Treinador reconhece carência de atletas que façam a criação de jogadas de linha de fundo do Corinthians e que escalação de Vagner Love atrás do centroavante precisa de ajuste 

Lance

Lance

Lance

O treinador Fábio Carille detalhou as dificuldades nas quais o Corinthians vem esbarrando no início da temporada de 2019. Em entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 para o Novorizontino, neste domingo, ele sinalizou que falta variedade de opções para a equipe tentar jogadas pela linha de fundo:

- Temos o Clayson de jogador de profundidade, que vai para o drible e busca o fundo. Pedrinho é um meia que gosta de flutuar. Mateus também. Clayson está voltando agora depois de recuperar do joelho e está precisando de ritmo de jogo. A característica dos nossos jogadores é para isso.

Carille ainda lamentou a necessidade de Clayson precisar voltar ao seu ritmo de jogo ideal:

- Não temos jogadores de drible, de ir para cima, a não ser o Clayson. Mas sei que o Clayson precisa de um preparo melhor. Aí você trabalha com meia e dois atacantes para a bola chegar no pivô ou chegue numa infiltração. Essa está sendo a dificuldade. Mas também pela característica dos jogadores.

Ao falar sobre a opção por Araos, o técnico reconheceu a necessidade de um jogador que o acompanhe:

- Para jogar com ele, mostrou nos treinos e jogos, gosta de levar a bola só para dentro. Preciso do outro lado que seja bastante agudo. Não tenho esse jogador. Clayson gosta de jogar pela esquerda, o Mateus joga lá é um meia que não procura profundidade e Pedrinho procura bola no pé. Para jogar com ele preciso do outro lado um atacante que seja de velocidade

Carille disse que a opção por escalar Vagner Love atrás do centroavante tende a ser testada nos treinos para que funcione melhor:

- Hoje, fiz diferente pela sequência de jogos. O jogo foi desgastante em Londrina pelo gramado. Senti jogadores cansados. Foi diferente com Jadson. É cedo, pouco tempo de trabalho, mas vou levar para treinos e jogos para ver se melhora.

O Corinthians volta a campo nesta quinta-feira, pela Copa Sul-Americana, contra o Racing-ARG.

    Access log