Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Brasileiro recebe oportunidade para trabalhar como analista na base do Atlético de Madrid

Equipe de Diego Simeone costuma usar canteranos em sua equipe principal

Futebol|Do R7


Lance
Simeone no comando do Atlético de Madrid (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP)

O brasileiro Diego Brito de Souza recebeu um convite para trabalhar no Atlético de Madrid na função de Cientista do Esporte e Analista de Performance Física das categorias inferiores do clube. Com passagens por clubes como Benfica, Porto, PSV, Monaco e Istambul Basaksehir, o educador físico falou sobre a oportunidade no time de Diego Simeone.

- Com certeza esta é uma grande oportunidade para aprender e para aplicar todo conhecimento que adquiri nos últimos anos. Fiquei muito feliz, porque aqui tenho a oportunidade de trabalhar com grandes profissionais e tenho liberdade para desenvolver meu trabalho - afirmou o agora funcionário colchonero.

+ 10% OFF nos mantos internacionais a partir de R$299,90 com o cupom: LANCEFUT

Diego é formado em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina, onde foi bolsista de iniciação científica e participava de três grupos de estudos e pesquisas científicas. Também foi bolsista da CAPES durante seu mestrado na mesma universidade, na qual desenolveu estudos sobre cafeína e desempenho físico, sendo um deles citado em artigos de pesquisadores da Universidade de Harvard.

Publicidade

Além disso, suas publicações possibilitaram que Diego recebesse uma bolsa de doutorado da Universidade Camilo José Cela, em Madrid, na Espanha. Por lá, em parceria com a La Liga, desenvolveu estudos de análises de jogo e de rendimento físico dos clubes da primeira divisão espanhola, além de colaborar com a agência espanhola de anti-doping, onde desenvolveu pesquisas sobre suplementação de atletas profissionais. Em pouco tempo na Espanha, foi convidado para palestrar em congressos internacionais e foi mencionado em jornais como "El País", "Marca" e "El Mundo" por conta de suas pesquisas. Diego finalizou sua Tese Doutoral, com 16 artigos científicos publicados, recebendo nota sobressaliente e menção honrosa "cum laude". Diego Brito vestindo o agasalho do Atleti (Foto: Divulgação)

- Meu trabalho consiste em cuidar da performance do atleta de uma forma global. Não apenas prescrevendo exercícios, mas também avaliando e monitorando os atletas diariamente, além de fazer a gestão de aspectos nutricionais, como sono, saúde, mindset e a gestão dos dados de performance do atleta. Eu me responsabilizo por fazer uma avaliação minuciosa do atleta, entendendo-o como um indivíduo único, analisando o que ele realmente precisa para ter uma performance ótima. A partir disso, tendo uma boa comunicação com o clube, o objetivo é aplicar o conhecimento em benefício do atleta, para que ele possa estar apto para jogar em alto nível na Europa - afirmou o analista.

A base do Atlético de Madrid tem formado jogadores de alta importância para o elenco principal. Jogadores como Koke e Saúl, no elenco principal, são canteranos do clube; Pablo Barrios, na temporada 2022-23, ganhou minutos com Simeone e foi peça importante no primeiro semestre de 2023. Outro canterano histórico do clube é Fernando Torres, que atualmente comanda a categoria sub-19 do Atleti.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.