Futebol Apesar de derrota em estreia, Ceni elogia Flamengo: 'Produziu muito'

Apesar de derrota em estreia, Ceni elogia Flamengo: 'Produziu muito'

Treinador lamentou o resultado contra o São Paulo e reforçou a confiança no goleiro Hugo Souza, que falhou no fim da partida diante de Brenner

Lance
Rogério Ceni perdeu em sua estreia como técnico do Flamengo

Rogério Ceni perdeu em sua estreia como técnico do Flamengo

Lance

Não foi o placar que Rogério Ceni desejava, mas o novo técnico do Flamengo, apresentado na última terça-feira e que comandou o time pela primeira vez nesta noite, ficou satisfeito com a postura da equipe na derrota por 2 a 1 para o São Paulo, no Maracanã. Para o treinador, o resultado não faz justiça ao futebol apresentado por sua equipe, que finalizou oito vezes a mais que o rival (12 a 4).

O técnico ainda mostrou confiança na recuperação do Flamengo dentro do confronto pela vaga na semifinal da Copa. A decisão, no Morumbi, será na próxima quarta.

"Não mostra a realidade que foi o jogo, especialmente no primeiro tempo. Tivemos oito chances de gol, e o São Paulo não finalizou. Faltou um mínimo detalhe, um passe um pouquinho melhor, uma condição melhor. Produzimos muito bem, os jogadores estão motivados e é um grupo bom de se trabalhar", afirmou ele, em entrevista no Maracanã, antes de completar:

"O jogo ainda não acabou. São mais 90 minutos, é um gol de diferença e o Flamengo é o Flamengo. Em qualquer lugar. No Maracanã ou fora. Uma pena ter alguns lesionados e outros na seleção. Vamos tentar montar o time para sábado e fazer uma análise, junto com a direção para saber o time de quarta."

O resultado no Maracanã ficou marcado pela falha de Hugo Souza, que tentou driblar Brenner e acabou desarmado pelo atacante, que marcou o seu segundo gol na partida, aos 42 minutos da etapa final, e garantiu a vitória do Tricolor. O técnico do Flamengo comentou a situação e reforçou a confiança no camisa 45.

"É um baita goleiro. O futuro dele é excepcional dentro do Flamengo. É um jovem que vai passar por experiências difíceis e por grandes tardes, como contra o Palmeiras. Acontece, é do futebol. Poderia ter simplificado a jogada, mas é um risco que ele correu. Acontecerão outras vezes, infelizmente, mas temos que colocar na balança tudo de positivo que já fez. Vai continuar com crédito e isso servirá como experiência. Menino nota 10 e seguirá trabalhando."

São Paulo é favorito ao título: veja matemática do Brasileirão 2020

Últimas