Futebol Abel elogia caráter do Palmeiras, mas detona arbitragem de decisão

Abel elogia caráter do Palmeiras, mas detona arbitragem de decisão

Técnico foi expulso ainda no primeiro tempo da Supercopa contra o Flamengo. Rubro-Negro ficou com título após vitória nos pênaltis

Lance
Abel Ferreira ficou na bronca com o árbitro. Ele foi expulso no 1º tempo

Abel Ferreira ficou na bronca com o árbitro. Ele foi expulso no 1º tempo

Lance

O Palmeiras foi derrotado nos pênaltis pelo Flamengo em jogo valendo a taça da Supercopa do Brasil, após o empate por 2 a 2 no tempo normal.

O técnico Abel Ferreira foi expulso por reclamação ainda no primeiro tempo, ao reclamar da falta de critério do árbitro Leandro Vuaden na aplicação dos cartões amarelos. Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador português não deixou de criticar a arbitragem:

"Tenho que dar o parabéns para o nosso adversário que conquistou mais um troféu. Duas grandes equipes em campo. Em finais, gostamos de ver três grandes equipes em campo. Hoje, infelizmente, só vimos duas", desabafou.

O Palmeiras foi punido com diversos cartões amarelos desde o começo da partida e viu tanto Abel Ferreira quanto o auxiliar João Martins serem expulsos, enquanto o número de cartões aplicados contra o Rubro-Negro foi menor. Abel lamentou o resultado, mas deixou claro que o desempenho da equipe foi satisfatório:

"A Família Palmeiras seguramente está triste com o resultado, mas tem que ficar orgulhosa pelo que a equipe produziu nos 90 minutos. Foi um jogo 'olhos nos jogos'. Falei que jogaríamos com caráter e personalidade", ponderou o comandante.

O Palmeiras volta a atuar na quarta-feira (14), no mesmo Mané Garrincha, contra o Defensa y Justicia, pela decisão da Recopa Sul-Americana. Na Argentina, o Verdão venceu o jogo de ida por 2 a 1.

WNBA ganha uniformes com mensagens de empoderamento

Últimas