Fortaleza ganha do Avaí na Ressacada e mira Sul-Americana

Equipe cearense não fez um jogo brilhante, mas aproveitou bem a fragilidade do oponente e contabilizou os três pontos como visitante no Brasileirão

 

Em Florianópolis, pela 29ª Rodada do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza visitou o Avaí e conseguiu a vitória por 3 a 1 como visitante que o deixa na 12ª colocação com 35 unidades. Para a equipe de Santa Catarina, o panorama segue desesperador com a última colocação tendo 17 pontos e podendo ver a vantagem dos times fora do Z-4 ser ampliada.

Os cearenses eram quem tinham a bola por mais tempo sob seu domínio e viam seu adversário, mesmo atuando em casa, preferir uma postura mais voltada aos contra-ataques e preocupada em potencializar o congestionamento defensivo.

Com essa realidade de não conseguir entrar na base dos toques e infiltração na grande área avaiana, foi na base da bola parada que o Leão do Pici conseguiu marcar o primeiro gol na Ressacada. Após bola levantada na grande área por cobrança de escanteio de Nenê Bonilha, o zagueiro Paulão chutou em cima da zaga para, no rebote, ajeitar e mandar uma maravilhosa bicicleta que foi longe do alcance de Vladimir.

Em um momento de indecisão protagonizado pela zaga do Fortaleza entre o zagueiro Quintero e o arqueiro Felipe Alves, Jonathan trombou com o defensor do time adversário, tomou a bola e bateu deslocando o goleiro adversário balançando as redes. Todavia, a arbitragem de Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza interpretou que o choque do atacante do Avaí foi faltoso.

Com pouco tempo em campo, o meia Douglas, mesmo com todos os problemas de condicionamento físico, conseguiu agir de maneira direta para a igualdade do marcador. O camisa 10 do time catarinense deu ótimo passe para Vinícius Araújo que, frente a frente com Felipe Alves, bateu bem para colocar o 1 a 1 no placar da capital catarinense.

Logo no lance seguinte ao tento feito pelos donos da casa, Bruno Melo apareceu bem do lado esquerdo do ataque no contragolpe armado e, em bom passe, Romarinho entrou bem na grande área para concluir de maneira precisa. A batida no extremo canto esquerdo não deu qualquer possibilidade de intervenção por parte de Vladimir que só caiu para cumprir o protocolo.

Se aproveitando tanto do nervosismo bem como das poucas ideias apresentadas no setor de ataque do Avaí, o Fortaleza conseguia administrar o resultado sem maiores sustos e assegurou um importante triunfo como visitante em penalidade do zagueiro Eduardo Kunde sobre Matheus Alessandro. O lance, aliás, rendeu a expulsão com cartão vermelho direto.

Cobrador oficial, Wellington Paulista foi para a batida e bateu no meio do gol. Na comemoração, o jogador pegou um celular e ainda tirou uma selfie com seus companheiros.

AVAÍ 1 X 3 FORTALEZA

Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Data e hora: 30/10/2019 - 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (CBF-PB)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (CBF-SP) e Bruno Salgado Rizo (CBF-SP)
​VAR: Márcio Henrique de Gois (CBF-SP)
Cartões amarelos: Léo, Julinho, Jonathan; Paulão (FOR)
Cartões vermelhos: Eduardo Kunde (AVA)
Gols: Paulão (22'/1°T), Vinícius Araújo (5'/2°T), Romarinho (7'/2°T), Wellington Paulista (43'/2°T)

AVAÍ: Vladimir; Léo (Douglas, no intervalo), Kundé, Ricardo e Julinho; Luanderson, Richard Franco (Luan Pereira, aos 16'/2°T) e Wesley; Vinícius Araújo, Jonathan e Igor Goularte (Bruno Sávio, aos 28'/2°T). Técnico: Evando Camillato.

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Araruna (Derley, aos 33'/2°T), Nenê Bonilha, Romarinho (Mateus Alessandro, aos 23'/2°T) e Edinho (Kieza, aos 14'/2°T); André Luis e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.

Reta final! Veja os últimos dez jogos do seu time no Brasileirão