Fortaleza demite Zé Ricardo e Rogério Ceni pode voltar ao clube

Técnico que sai após a goleada sofrida pelo Leão do Pici para o Athletico-PR por 4 a 1 teve apenas uma vitória em sete jogos com a equipe

Técnico comandou equipe em sete partidas, mas só teve uma vitória

Técnico comandou equipe em sete partidas, mas só teve uma vitória

Reprodução/TV Leão

Depois de apenas sete partidas onde esteve no banco de reservas do Fortaleza, Zé Ricardo já não é mais o comandante do Leão do Pici segundo comunicado que foi emitido nessa sexta-feira (27) pelos canais oficiais do clube cearense.

Veja mais: Palmeiras 'voa' no 1º tempo e massacra o CSA no Pacaembu

Em seu primeiro clube comandado fora do Rio de Janeiro, Zé não conseguiu logo no princípio obter os resultados que poderiam dar mais tranquilidade para a sequência do Brasileirão e, nos duelos em que dirigiu o Tricolor, teve quatro derrotas, dois empates e somente uma vitória.

Se antes mesmo da confirmação oficial em relação a saída de Zé Ricardo uma alternativa de mudança no comando técnico já surgia nos bastidores, com a oficialização aumentam os rumores de que Rogério Ceni, demitido na última quinta (26) do Cruzeiro, estaria retornando ao comando do clube do Pici.

Com ou sem o novo treinador efetivo, o Fortaleza volta a campo pela Série A na segunda-feira (30) às 20h (horário de Brasília) frente ao Botafogo na Arena Castelão.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

'Dança das cadeiras': Brasileirão já teve 11 quedas de treinador em 2019