Lance EXCLUSIVO: Renan fala sobre bom momento no Palmeiras e busca por titularidade

EXCLUSIVO: Renan fala sobre bom momento no Palmeiras e busca por titularidade

Titular no Campeonato Paulista e somando bons números, o zagueiro falou com exclusividade ao Nosso Palestra/Lance!

Lance
Lance

Lance

Lance

Ganhando sequência no início da temporada e recebendo elogios da torcida e da crônica esportiva, o polivalente Renan, zagueiro e lateral-esquerdo do Palmeiras, de apenas 18 anos, concedeu uma entrevista exclusiva ao NOSSO PALESTRA/LANCE!. Mais jovem defensor a atuar pelo clube na década, o novo camisa 3 comentou sobre seu bom desempenho, adaptação no time principal com Abel Ferreira e pedidos da torcida para que assuma a titularidade ao lado de Gustavo Gomez.

Titular junto com Benjamin Kuscevic e Vanderlan no empate por 0 a 0 diante do Botafogo, no último compromisso do Palmeiras pelo Campeonato Paulista, Renan é quem mais atuou no campeonato estadual, com cinco jogos. Mais do que isso, também é quem coleciona as melhores estatísticas neste início de temporada.

>> Saiba os valores que a Conmebol vai pagar como premiação fase a fase na Libertadores 2021

Em cinco partidas em 2021, soma nove desarmes, 12 interceptações, 10 cortes, 70% de duelos ganhos e apenas um drible sofrido em 405 minutos dentro das quatro linhas. Ademais, saiu sem ser vazado em três oportunidades, maior número do elenco até aqui.

– Acredito que estou fazendo um bom início de temporada e quero crescer ainda mais dentro do grupo. A torcida sempre vai me ver com muita vontade de vencer e com muita entrega dentro de campo para ajudar a equipe. Sempre será assim - analisou seu desempenho no início da temporada.

Além de ser uma das surpresas na equipe alternativa que disputa o campeonato estadual, no confronto contra o Botafogo, Renan atuou durante toda a partida defendendo no lado direito, o contrário de qual domina. Canhoto, o jovem atribuiu o destaque atuando fora de sua zona de conforto aos companheiros. Ao fim dos 90 minutos, terminou o duelo com três interceptações, três desarmes, 70% de duelos ganhos e mais de 90% em acerto nos passes.

– Não costumo atuar pela direita, mas deu tudo certo com a ajuda dos meus companheiros. Nós trabalhamos esse posicionamento e acredito que fizemos um bom jogo na defesa. Conforme você vai acertando, vai pegando confiança e a adaptação fica mais tranquila.

Natural de Itapevi (SP), Renan chegou na Academia de Futebol em 2015, para integrar o elenco sub-13. Destaque no Vila Isabel, clube de Osasco, o zagueiro estava acertando sua ida ao Água Santa, de Diadema, quando surgiu a oportunidade de fazer testes no Palmeiras.

Desde então, o jovem sempre se destacou pela polivalência. Soberano tanto na zaga, quanto na lateral esquerda, o defensor já atuou como zagueiro e lateral-esquerdo, não se limitando a apenas uma função nessas posições. Nos 16 jogos como profissional no Alviverde, já trabalhou também como o zagueiro esquerdo em uma linha de três marcadores e como ala no mesmo esquema.

– Quanto ao posicionamento não tenho muita preferência. A gente trabalha no dia a dia para evoluir e poder ajudar da melhor forma onde for necessário. Estou à disposição do professor e conforme vamos treinando, pegamos mais confiança e experiência em cada setor do campo. – disse sobre em qual lugar se sente mais à vontade dentro de campo.

Garcia base Palmeiras

Garcia base Palmeiras

Lance

Garcia (esq.) Renan (centro) e Fabinho (dir) antes do jogo contra o Corinthians (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Perguntado se existe algum trabalho específico para potencializar essa individualidade, o jovem enfatizou que os treinamentos com a comissão técnica, apesar do curto espaço de tempo entre uma partida e outra, conseguem passar todas as instruções para que os atletas desenvolvam as habilidades necessárias.

– Nossa comissão é muito competente e, mesmo com pouco tempo de treinos, consegue nos passar tudo conforme eles querem. Todos estão aprendendo muito e evoluindo com o passar dos dias.

Trabalhando com Abel desde a chegada do português ao Brasil, Renan ganhou minutos importantes com o treinador e fez parte das conquistas da Libertadores e Copa do Brasil. Com fundamentos de um zagueiro moderno, como bom passe e auxílio na saída de bola, seu estilo de jogo casou-se com o do treinador e o bom desempenho naturalmente fluiu.

Ao falar do estilo de Abel, o atleta destacou como vem sendo trabalhar com o técnico e salientou a importância de sair jogando com a bola dominada.

– Muito importante esse aprendizado para mim. Estou evoluindo na saída de bola assim como todos os defensores. É muito importante sair jogando com a bola no pé e procuramos melhorar a cada jogo.

Palmeiras Renan

Palmeiras Renan

Lance

Renan ostentando a tríplice coroa (Foto: Divulgação/Palmeiras)

Com o destaque atuando no Paulistão e em decorrência das falhas defensivas recentes apresentadas por Luan e Alan Empereur, Renan ganhou evidência no debate acerca de quem deve jogar ao lado de Gustavo Gómez como titular na equipe. Mesmo com apenas 18 anos, o jovem demonstra extrema maturidade e personalidade dentro das quatro linhas e revelou como assemelha essa conversa e enxerga a possibilidade.

– Fico muito feliz com isso. É a prova de que o trabalho está sendo bem-feito. Quero evoluir ainda mais para buscar meu espaço dentro da equipe. Temos muitas competições e espero continuar nesse ritmo para ajudar o Palmeiras na busca pelos títulos.

Adotando a filosofia de jovens no estadual e tendo Renan como um dos principais nomes na competição, o Palmeiras volta a campo pelo Campeonato Paulista na próxima sexta-feira (23) diante do Guarani, em Campinas. Antes disso, a equipe viaja até o Peru para enfrentar o Universitário, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores.

Últimas