Seleção brasileira

Lance Everton Ribeiro destaca sua atuação mais decisiva na seleção

Everton Ribeiro destaca sua atuação mais decisiva na seleção

Camisa 11 reconhece que Brasil encarou jogo difícil diante do Chile e afirma que objetivo é ver equipe mais consistente

Lance
  • Lance | por Lance

Éverton Ribeiro ficou satisfeito com desempenho

Éverton Ribeiro ficou satisfeito com desempenho

Lance

O meia Everton Ribeiro expôs sua alegria por marcar o gol da vitória por 1 a 0 do Brasil sobre o Chile. Em entrevista na zona mista virtual feita pela CBF TV, o camisa 11 destacou a dificuldade do duelo no Monumental de Santiago, válido pela nona rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

- Fiquei muito contente, graças a Deus pude fazer mais um gol com a camisa da Seleção. Um jogo difícil, a equipe deles se conhece bem. A gente conseguiu chegar em uma jogada do Danilo, consegui dar um passe para o Ney (Neymar) e a bola voltou para mim, concluí bem. Está todo mundo de parabéns por conseguir essas sete vitórias seguidas (nas Eliminatórias), vai ser um marco para a nossa história. Que venha a oitava - disse o atleta, que dedicou seu gol à sua família.



O meia considerou que foi seu jogo mais decisivo com a amarelinha.

- Acredito que sim, poder fazer o gol da vitória, fica marcado. Mas espero que continue a fazer bons jogos. O mais importante é a vencer, independentemente de quem faça gols. Estar consistente, equilibrado e poder vencer as partidas - declarou.

Everton Ribeiro falou sobre o reencontro com Gerson.

- Curinga é muito bom estar do lado dele, onde temos uma grande história no Flamengo. Trazer para a história para a Seleção, fico feliz, mais uma história para ficar guardado - disse.

O meia esquivou-se se havia um clima de revanche contra a Argentina, para quem o Brasil perdeu a Copa América.

- É mais um jogo histórico e a gente vai se preparar bem - afirmou.

O duelo com os "hermanos" acontecerá neste domingo (9), na Neo Química Arena. O Brasil é líder, tendo 21 pontos em sete partidas, enquanto a Argentina chegou a 15 pontos e é vice-líder.

De Messi a Phelps: veja máximas do esporte nos últimos 30 anos

Últimas