Tóquio 2020

Esportes Olímpicos Brasil perde e deixa disputa por equipes no tênis de mesa feminino

Brasil perde e deixa disputa por equipes no tênis de mesa feminino

As brasileiras tiveram uma noite de muita emoção, mas não conseguiram superar adversárias de Hong Kong nas oitavas de final

Lance
Bruna Takahashi faz parte do time feminino de tênis de mesa do Brasil

Bruna Takahashi faz parte do time feminino de tênis de mesa do Brasil

Lance

O Brasil perdeu para o time de Hong Kong nas oitavas de final do tênis de mesa feminino por equipes e se despede dos Jogos Olímpicos de Tóquio na madrugada de domingo (01). As brasileiras foram superadas por 3 sets a 1 em jogos dramáticos, que somavam partida de duplas e individuais. Nas duplas, o Brasil teve Jéssica Yamada e Caroline Kumahara.

As oponentes Wai Yam Minnie e Ho Ching abriram o placar por 3 a 0 com agressividade, mas as brasileiras também suaram a camisa e fizeram três pontos, mas perderam por 4 a 3. A dupla Yamada e Caroline seguiu para o empate, com 9 a 9, mas as atletas de Hong Kong aproveitaram os erros brasileiros, conseguindo marcar dois pontos seguidos e terminar o set com o placar de 1 a 0.



No segundo set as oponentes voltaram com força total e conseguiram pontuar 6 a 1. Yamada e Caroline não baixaram a cabeça e diminuíram a diferença no placar, com 7 a 6. Mas não foram muito além e o time de Hong Kong fez 11 a 8, chegando em 2 sets a 0.

Na terceira etapa, as oponentes perderam o ritmo no começo, e empataram por 3 a 3. Mas não demorou muito para que Minnie e Lee abrissem a vantagem, com 8 a 6. As mesa-tenistas Yamada e Caroline conseguiram salvar um match point, no 10 a 9, mas não foi o bastante, Hong Kong chegou no placar de 11 a 9, vencendo por 3 sets a 0.

Já nas partidas individuais, Jessica Yamada perdeu para a mesa-tenista Hoi Kem Doo por 3 a 1, enquanto que Caroline Kumahara derrotou Ho Ching Lee por 2 sets a 1. A brasileira Bruna Takahashi também perdeu para a adversária Hoi Kem Doo por 2 sets a 0. Desta forma, a equipe de Hong Kong avançou na disputa e deixou Brasil para trás.

'Se permita ser feliz': Conheça Michelle, mulher e técnica de Fratus

Últimas