Lance Djokovic: 'Vou jogar essa final como se fosse a última partida da carreira'

Djokovic: 'Vou jogar essa final como se fosse a última partida da carreira'

Sérvio busca fazer história no domingo

Lance
Lance

Lance

Lance

Em entrevista ainda na quadra após Alexander Zverev em cinco sets, Novak Djokovic disse que irá com tudo, ou pro tudo ou nada em busca do recorde dos 21 títulos de Grand Slam e de ser o primeiro desde Rod Laver em 1969 a vencer os quatro Majors numa mesma temporada.

“Foi a partida mais difícil que fiz no momento do torneio. Era esperado. Zverev veio jogando em um grande nível. Ele não perdeu muitos sets neste torneio e estava em uma seqüência de vitórias, vencendo todas desde os Jogos Olímpicos. Eu sabia que seria um grande desafio e uma grande tarefa conseguir superá-lo. Ele começou em um ótimo nível. Embora eu estivesse no placar abaixo, percebi que nem tudo estava perdido. Já enfrentei momentos como esse nos últimos jogos e aos poucos me concentrei e comecei a jogar muito bem. Receber o segundo set foi importante, mas fazê-lo no terceiro set também foi um grande alívio e uma vantagem. É verdade que perdi um pouco o foco no quarto. Ele soube aproveitar isso na perfeição e me levar a uma quinta parcial. Uma vez lá parece que o cansaço tomou conta dele e rapidamente abri uma brecha no último set. Foi uma grande vitória e estou orgulhoso da luta que fiz. Provavelmente foi uma das partes que Eu joguei melhor. "

Sobre apossibilidade do recorde, ele disse: "Eu me vejo com possibilidades. Na minha cabeça, só tenho a imagem de segurar o título.

“É preciso continuar a vida com total normalidade. Sei que queremos falar de história e de tudo que está em jogo. Estou ciente disso. Mas estou apenas tentando evitar isso um pouco. Tenho minhas rotinas, tenho tenho o meu povo. Isolei-me. Reúno toda a energia necessária para a próxima batalha. Já o disse antes na pista, tratarei esta partida como se fosse a última, porque possivelmente será a partida mais importante de minha carreira. Não sei da minha carreira, mas este ano com certeza. Será uma batalha contra outro cara que está jogando em um grande nível: Daniil Medvedev. Ele ganhou muitas partidas em quadra dura. Eu sei o que me espera. Ele já teve várias finais de Grand Slam nas costas e desta vez vai querer dar o grande passo. Agora só temos que descansar e estar preparados para o que acontece no domingo. "

O sérvio comparou da situação de Serena que esteve a ponto de vencer o US Open de 2015 parafechar o Grand Slam, mas falhou: "Eu entendo que a Serena gostaria de evitar todas essas perguntas, porque você sempre tem que sair na quadra e cumprir os compromissos. Todos esperam a sua vitória. Para ser uma grande lenda, ela sempre tem essa expectativa de todos, inclusive dela mesma. É o mesmo comigo. Todos nós temos fórmulas diferentes de como nos preparamos e nos recuperamos para uma partida desse calibre. Não me importo de responder a todas as perguntas. Acho que não tenho mais nada a dizer do que o que tenho já disse. Claro, posso falar mais sobre isso com mais detalhes depois da final de domingo. Agora tenho que respeitar o meu próximo adversário e me preparar bem para a partida ”, finalizou.

Últimas